Arquitetura Expositiva: Casa de Vidro / Marina Correia

Arquitetura Expositiva: Casa de Vidro / Marina Correia

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projeto de arquitetura para a exposição Lina em Casa: Percursos foi desenvolvido com o objetivo principal de preservar a experiência espacial e a atmosfera singular da Casa de Vidro. Entendendo a Casa como o maior objeto de interesse do visitante e legado da arquiteta a ser apreendido, a disposição dos expositores evita criar qualquer subdivisão espacial que pudesse gerar uma sobreposição de arquiteturas.

© Renato Anelli
© Renato Anelli

A disposição dos módulos expositores é livre, permitindo caminhos distintos, não lineares através do conteúdo expositivo. A estrutura metálica tubular busca em sua materialidade mínima manter a transparência, de modo que os expositores não se transformem em interrupções visuais. Duas formas-tipo definem a composição modular. O primeiro módulo é um cubo. O segundo, vertical, tem a dimensão frontal de uma porta, destacando-se da altura de caixilhos,  e profundidade mínima a sua estabilidade independente. Dentro da estrutura, caixas acrílicas e painéis estão suspensos, nos quais desenhos originais, documentos, fotos, objetos e textos se alternam.  

© Renato Anelli
© Renato Anelli

Os expositores modulares podem ser desmontados, armazenados e reagrupados para exposições futuras. Esta exposição marca a reabertura da Casa de Vidro ao público, sendo possivelmente o primeiro de outros eventos e exposições que revelarão ao público o enorme acervo da arquiteta armazenado na própria Casa.  O valioso legado de arquitetura expositiva deixado por Lina Bo Bardi é desafiador na proposição de uma exposição na própria residência da arquiteta. Buscou-se não mimetizar estratégias, mas buscar na própria Casa a sugestão do conceito expositivo, respeitando a linguagem da arquitetura ali presente, buscando ressaltá-la e não obstruir sua percepção.  

© Marina Correia
© Marina Correia

O conteúdo da exposição, de curadoria de Anna Carboncini e Renato Anelli, foi desenvolvido paralelamente ao conceito da arquitetura expositiva. Lina em Casa: Percursos reúne textos, fotos, documentos, croquis, correspondências e objetos que apresentam a trajetória intelectual de Lina Bo Bardi, integrando a programação do Instituto Lina e P.M. Bardi de comemoração do centenário de nascimento da arquiteta.  

Planta - Superior
Planta - Superior

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Arquitetura Expositiva: Casa de Vidro / Marina Correia" 27 Abr 2015. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/765942/arquitetura-expositiva-casa-de-vidro-marina-correia> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.