Ampliar imagem | Tamanho original
Projetada no bairro do Leblon, Rio de Janeiro, para um casal com dois filhos, a casa traz o desafio de acomodar em um terreno de doze por doze metros, um programa de 488 m², respeitando os afastamentos definidos pela legislação. É o projeto de um volume habitável compacto situado em lote com o entorno cercado por prédios, em rua estreita. Foi necessário pensar numa gradual transição do ambiente urbano para o espaço residencial interno. A fachada frontal se apresenta como o elemento que articula essas ambiências através da sucessão de camadas que conformam uma paisagem em movimento.  A distribuição do programa por quatro pavimentos foi viabilizada através do sistema construtivo em estrutura metálica e lajes nervuradas, possibilitando vãos livres de até doze metros que permitem grande liberdade na organização do espaço interno. A circulação vertical - tanto a escada quanto o elevador - foram dispostos contíguos a uma das empenas laterais liberando o restante do espaço para as suítes dos filhos no térreo, a sala de estar no primeiro pavimento e a suíte máster no segundo. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar