Ampliar imagem | Tamanho original
Inserida num ponto estratégico da Cidade do México, frente ao majestoso Bosque de Chapultepec, a Torre 41 se mostra diante do contexto imediato como uma escultura de luz, ao cair da noite. Os espaços interiores foram resolvidos de acordo com a estrutura: duas paredes estruturais de concreto que suportam os mezaninos de aço e que são reforçadas por uma estrutura metálica secundária transversal na fachada. Desta maneira, a configuração estrutura permite as plantas livres, gerando espaços flexíveis para qualquer uso dos escritórios. Funcionalmente, o edifício conta com sete pavimentos para escritórios, um lobby de pé-direito triplo, circulações verticais ao oeste e uma cobertura verde no seu último nível, a qual abre um diálogo e se relaciona com o exterior. O edifício de escritórios foi projetado com a intenção de não integrar sistemas de calefação, nem de ar condicionado; sendo sua estratégia bioclimática, a ventilação cruzada a partir da abertura de vãos em ambos os lados. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar