Ampliar imagem | Tamanho original
No mar de concreto, o Nau desembarca os ares do litoral Nordestino. Quando o restaurante Nau aportou na Capital Federal, no segundo semestre de 2013, desembarcou junto ao lago Paranoá elementos que fazem referências a vida no litoral paraibano. Não ignorou, porém, o mar de concreto que o cerca e lançou âncora na arquitetura institucional da cidade. Nascia, assim, um equipamento com uma missão complexa: harmonizar a presença do mar dentro da concretude brasiliense. A arquiteta Sandra Moura, que assina o projeto, já havia sido feliz na composição da estrutura marcante do Mangai, restaurante da mesma família proprietária do Nau, ambos com matriz em João Pessoa, capital da Paraíba. Ela resolveu, então, unir as duas estruturas. E essa união não é metafórica. Nau e Mangai ocupam lotes contíguos e estão a apenas dez metros de distância, atados conceitualmente. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar