O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. ONU anuncia Quito como sede da conferência Habitat III em 2016

ONU anuncia Quito como sede da conferência Habitat III em 2016

ONU anuncia Quito como sede da conferência Habitat III em 2016
ONU anuncia Quito como sede da conferência Habitat III em 2016

A cidade de Quito, capital do Equador, vai sediar a cúpula Habitat III, a 3ª Conferência das Nações Unidas sobre Moradia e Desenvolvimento Urbano Sustentável. O anúncio foi feito pelo diretor-executivo da ONU-Habitat, Joan Clos.

O Ministério de Desenvolvimento Urbano e Habitação do país emitiu um comunicado dizendo que a oportunidade de receber o evento é única e que é uma oportunidade para o Equador colocar em evidência e discutir suas políticas de urbanismo e inclusão social.

A América do Sul tem se firmado como palco de importantes espaços de discussão sobre moradia e urbanismo. Em 2014, Medelín, na Colômbia, recebeu o Fórum Urbano Mundial, também promovido pela ONU-Habitat. Em 2020, o Rio de Janeiro vai sediar o 27º Congresso Mundial da União Internacional dos Arquitetos (UIA).

Histórico da Conferência 

A primeira conferência sobre o tema, a Habitat I, aconteceu em 1976, em Vancouver, no Canadá. Na ocasião, foi instituído o Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat), com sede em Nairóbi, no Quênia. A organização promove cidades socialmente, urbanisticamente e ambientalmente sustentáveis e coordena ações de habitação e de qualidade de vida no âmbito da ONU.

A segunda edição da cúpula, a Habitat II, aconteceu em Istambul, na Turquia, em junho de 1996. Como resultado da conferência, também conhecida como “Cúpula das Cidades”, foi apresentada a Agenda Habitat, um documento aprovado pelos estados-membros se comprometendo a promover habitação adequada, assentamentos humanos sustentáveis, participação da cidadania, igualdade de gênero, entre outros aspectos.

Consulta pública no Brasil

Na conferência, cada país deve entregar um relatório nacional o andamento de políticas internas sobre o tema. E para que a sociedade brasileira participe da construção desse documento, foi criada uma plataforma virtual de discussão sobre tópicos importantes para o futuro das nossas cidades.

Arquitetos e urbanistas e cidadãos em geral podem participar e contribuir para a nova “Agenda Habitat”, que deve ser elaborada no evento. São 4 etapas de participação: consulta, indicadores, seminário e discussão do texto - e cada uma delas será aberta para contribuições até abril de 2015. 

A primeira fase tem o objetivo de coletar, por meio de um questionário, informações sobre temas relacionados ao desenvolvimento urbano no Brasil, considerando o que ocorreu nos últimos e as expectativas para os próximos. O tempo estimado para responder é de 20 minutos. Os dados fornecidos serão tratados de forma confidencial. Interessados em contribuir podem responder às perguntas até o dia 7 de fevereiro de 2015. 

Levando em conta as informações e dados obtidos por meio da plataforma participativa, o Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a Secretaria de Relações Institucionais (SRI) da Presidência da Republica, o Conselho Nacional das Cidades (ConCidades) e o Ministério das Cidades vão elaborar o relatório brasileiro para a Habitat III.

Para mais informações sobre a conferência Habitat III, acesse a página oficial do evento.

Via CAU

Sobre este autor
Cita: Romullo Baratto. "ONU anuncia Quito como sede da conferência Habitat III em 2016" 06 Jan 2015. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/759885/onu-anuncia-quito-como-sede-da-conferencia-habitat-iii-em-2016> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.