Ampliar imagem | Tamanho original
O edifício encontra-se num típico lote entre empenas, frente a uma estação de triagem ferroviária. Desde o edifício pode-se ver esta magnífica paisagem industrial e ao fundo o rio e as ilhas. No início da construção o projeto sofreu uma modificação no programa, já que o cliente decidiu trocar a planta original de um apartamento por pavimento para duas unidades, isto gerou um resultado inesperado na configuração das plantas. No térreo os acessos pedonais e veiculares possuem pé-direito duplo, permitindo uma relação mais fluida com a rua. O estacionamento é coberto por um telhado verde, que melhora a vista dos apartamentos posteriores. Foi adotada uma paleta monocromática de materiais que dão unidade a todo o edifício, ainda que com diferentes texturas. A fachada voltada para o rio e ao norte possui uma imagem mais formal, com uma varanda que é a expansão dos apartamentos. A fachada posterior, que faz frente à cidade e ao sul, foi tratada com uma imagem mais doméstica de janelas, que devido à nova configuração interna dão uma noção informal e casual que dialoga com as construções vizinhas. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar