O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. Exposição "Geografia de um lugar contada por ele mesmo", por Flavia Mielnik

Exposição "Geografia de um lugar contada por ele mesmo", por Flavia Mielnik

Exposição "Geografia de um lugar contada por ele mesmo", por Flavia Mielnik
Exposição "Geografia de um lugar contada por ele mesmo", por Flavia Mielnik, Planos, furos e dia branco I Fotografia digital Impressa em pigmento mineral sobre papel matte I 40 x 162 cm I 2014. Image © Flavia Mielnik
Planos, furos e dia branco I Fotografia digital Impressa em pigmento mineral sobre papel matte I 40 x 162 cm I 2014. Image © Flavia Mielnik

O espaço Zip’up da Galeria Zipper, em São Paulo, recebe, até o dia 01 de novembro, a intervenção "Geografia de um lugar contada por ele mesmo" da artista Flavia Mielnik, com curadoria de Galciani Neves e coordenação do curador Mario Gioia. A ação de Flavia Mielnik propõe passagens e atravessamentos visuais como situações de des-limites em uma narrativa no espaço composta por elementos do próprio espaço e por elementos ficcionais construídos pela artista. Todos esses componentes, a galeria e seu entorno, agem em uma ficção argumentada no espaço e nele mesmo se constituem, fazendo com que o público se desloque tanto a partir do todo quanto de seus fragmentos, guiando-­se ou perdendo-­se nestes desenhos.

Além disso, nesses caminhos errantes que propõe ao olhar e ao corpo, a artista constrói outras noções sobre o que é o dentro e o fora, provoca tensões e ambivalências. A artista amplia a discussão do que, habitualmente, reconhecemos como um gesto artístico: o artista leva para o espaço interno da galeria aquilo que produz no espaço de fora e, assim, normalmente efetiva uma relação de um único sentido. Flavia constrói um outro sentido para o espaço dentro da galeria, projetando-o no fora. A obra passa a não residir perpetuamente no espaço interno, mas se alarga continuamente em um trânsito dentro-fora.

Planos, furos e dia branco I Fotografia digital Impressa em pigmento mineral sobre papel matte I 40 x 162 cm I 2014. Image © Flavia Mielnik
Planos, furos e dia branco I Fotografia digital Impressa em pigmento mineral sobre papel matte I 40 x 162 cm I 2014. Image © Flavia Mielnik

Estas questões estão presentes no percurso da artista, que realiza intervenções em espaços abandonados, ruínas, muros, paisagens urbanas. Flavia Mielnik também apresenta uma série de fotografias feitas ao longo das intervenções que realiza. A construção dessas imagens coloca em questão o trinômio obra, registro e processo. As imagens são provenientes de gestos da artista que demarcam uma espécie de pertencimento aos espaços que ocupa temporariamente. Por isso, desvinculam-­se do passo a passo de um projeto, mas antes são formulações visuais da convivência com estes espaços.

Sem título, série Sobre labirintos, osilêncio e o que está para ser construído I Fotografia digital Impressa em pigmento mineral sobre papel matte I 60 x 90 cm I 2014. Image © Flavia Mielnik
Sem título, série Sobre labirintos, osilêncio e o que está para ser construído I Fotografia digital Impressa em pigmento mineral sobre papel matte I 60 x 90 cm I 2014. Image © Flavia Mielnik

Flavia Mielnik (São Paulo, 1982), é Licenciada em Educação Artística pela FAAP e pós-­graduada em Arte Investigación y Creación pela Universidade Complutense de Madri. Participou de diversas exposições coletivas, nacionais e internacionais e desenvolveu projetos especiais de intervenções site specific entre os quais se destacam Alagamento (13º Salão de Arte de Itajaí”, 2013) e Sobre labirintos, o silêncio e o que está para ser construído (Semana de Arte de Londrina, 2014). Ganhou o Premio Injuve de Arte Joven (Espanha, 2008) e prêmio aquisição no 39º SARP (Museu de Arte de Ribeirão Preto, 2014). Seus trabalhos integram as coleções do Instituto de la Juventud Injuve (Espanha), Acervo SESC de Arte Brasileira e Museu de Arte de Ribeirão Preto. Participa do grupo de estudos com Galciani Neves e do grupo de acompanhamento de projetos Ateliê Fidalga.

Sem título, série Trajetos de despedida I Fotografia digital Impressa em pigmento mineral sobre papel matte I 40 x 60 cm I 2014. Image © Flavia Mielnik
Sem título, série Trajetos de despedida I Fotografia digital Impressa em pigmento mineral sobre papel matte I 40 x 60 cm I 2014. Image © Flavia Mielnik

Flavia investiga formas de ampliar os modos de intervir e pensar o espaço, na construção de um diálogo poético com sua arquitetura, memória e ruína e nas diferenças culturais, contextuais e fictícias, dos lugares por onde o trabalho se desenvolve. As obras realizadas até o momento apontam o desejo de construção de metáforas arquitetônicas e camadas de ilusões, que se sobrepõem umas às outras, nesta família de lugares que se encontram silenciosamente
à margem.

Sem título, série Ocupação [Ruínas] I Fotografia digital Impressa em pigmento mineral sobre papel matte I 60 x 80 cm I 2014. Image © Flavia Mielnik
Sem título, série Ocupação [Ruínas] I Fotografia digital Impressa em pigmento mineral sobre papel matte I 60 x 80 cm I 2014. Image © Flavia Mielnik

Geografia de um lugar contada por ele mesmo

  • Período expositivo: até 01 de novembro
  • Local: Galeria Zipper
  • Horário: segunda a sexta das 10h às 19h, sábados das 11h às 17h
  • Endereço: Rua Estados Unidos, 1494, São Paulo - SP
  • Contato: (11) 4306-4306
  • Entrada gratuita

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: Romullo Baratto. "Exposição "Geografia de um lugar contada por ele mesmo", por Flavia Mielnik" 23 Out 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/755864/exposicao-geografia-de-um-lugar-contada-por-ele-mesmo-por-flavia-mielnik> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.