Ampliar imagem | Tamanho original
Localizado a poucos metros do Jardim do Príncipe Real em Lisboa, este lote de 41 m² permite a construção de um pequeno edifício urbano com 5 pisos destinado a habitação para uma família. A exiguidade do terreno levou-nos a uma organização em que cada piso tem uma função e uma disposição diferentes e todos comunicam através de um átrio vertical de geometria variável, proporcionando um percurso cadenciado e progressivo, banhado por luz natural. Além das suas qualidades espaciais, o átrio funciona como uma chaminé térmica para arrefecimento passivo durante a Primavera e o Verão e permite uma renovação de ar constante durante todo o ano. O revestimento da fachada resulta de uma abordagem contemporânea ao azulejo do edifício anterior, que estava em avançado estado de degradação. Definimos um conjunto de regras para transformar o motivo decorativo do azulejo original num padrão abstrato que se materializa em 3 media distintos: uma base de azulejo liso, um corpo de azulejo com baixo-relevo e um entablamento de metal perfurado, permeável à luz. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar