O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. De Friends a Frasier: plantas de 13 seriados famosos

De Friends a Frasier: plantas de 13 seriados famosos

De Friends a Frasier: plantas de 13 seriados famosos
Planta baixa dos apartamentos de "Friends". Imagem © Iñaki Aliste Lizarralde
Planta baixa dos apartamentos de "Friends". Imagem © Iñaki Aliste Lizarralde

Você já quis em algum momento ver ao vivo os apartamentos e casas dos seus seriados favoritos? Passear pelo apartamento de Carrie Bradshaw? Ou ver o layout da casa dos Simpsons em Springfield? Há quatro anos o designer de interiores espanhol Iñaki Aliste Lizarralde teve o mesmo desejo, e então começou a desenhar a planta baixa de um dos seus seriados favoritos, Frasier. Dando prosseguimento à ideia, Aliste desenhou as plantas de outros seriados, sugeridos por amigos. Até o momento o designer já criou mais de 20 plantas baixas de seriados e filmes, incluindo o apartamento de Friends e a casa de UP!. "Muitas pessoas já me agradeceram pelos desenhos, eles relembram os bons tempos que passamos assistindo às séries e filmes... Mesmo pessoas que não estão habituadas a ver plantas técnicas podem compreender meus desenhos e mergulhar neles", disse Aliste.

Leia a entrevista completa com Iñaki e veja algumas de suas plantas baixas favoritas, a seguir...

© Iñaki Aliste Lizarralde
© Iñaki Aliste Lizarralde

AD: Quando e por que você começou a desenhar plantas de programas de TV?

Iñaki: Quatro ou cinco anos atrás - eu sou muito ruim com datas - fiz a planta baixa de "Frasier" por iniciativa pessoal. Eu realmente gostei do seriado e de seu apartamento, queria vê-lo tomar forma. Não fiz outra planta até alguns verões depois quando uma amiga minha, uma grande fã de "Sex & The City", me pediu para desenhar o apartamento de Carrie Bradshaw. E então fiz para ela. Depois me pediram para fazer o apartamento de "Friends" e assim foi...até agora...

Não sou um fã obsessivo ou um espectador que gosta de tudo na TV. Na realidade, meus gostos são diferentes e meus shows favoritos são "Northern exposure", "Six feet under", "Upstairs/Downstairs", "Twin Peaks", etc...sou um pouco antiquado.

© Iñaki Aliste Lizarralde
© Iñaki Aliste Lizarralde

AD: Por que você acha que as pessoas gostam de ver estes espaços mostrados em planta?

Iñaki: Tenho recebido diversos comentários sobre estes desenhos. Muitas pessoas me disseram que, graças a meus desenhos, relembram os bons momentos passados com o seriado ou filme. Obviamente meus clientes são fãs do seriado/filme (ou eles compram eles para dar de presente a alguém) então eles gostam de ter uma peça de recordação. Por exemplo, garotas fãs de "Sex & The City" sentem como se elas pudessem realizar tours virtuais e andar livremente por dentro do apartamento de Carrie Bradshaw.

© Iñaki Aliste Lizarralde
© Iñaki Aliste Lizarralde

Normalmente projetos arquitetônicos são bastante técnicos, minimalistas e frios. E, de fato, muitas pessoas não entendem e não conseguem ler este tipo de desenho. Mas mesmo pessoas que não estão acostumadas com esquemas técnicos são capazes de entender meus desenhos e mergulhar neles. A simplificação de detalhes técnicos, o mobiliário, o uso da cor, luz, sombras, detalhes e acessórios tornam estes desenhos de fácil compreensão para qualquer audiência.

© Iñaki Aliste Lizarralde
© Iñaki Aliste Lizarralde

Também tenho encontrado alguns fãs exigentes. Alguns seriados, particularmente sitcoms e especialmente os de longa duração, possuem diversas falhas de projeto: contradições, erros, truques e armadilhas que são evidentes quando se faz uma planta baixa. Aqueles fãs precisam demonstrar seu conhecimento do seriado e já acabei entrando em discussões com eles, mas sempre demonstro onde os erros estão. Não invento nada, só capturo o que vejo.

© Iñaki Aliste Lizarralde
© Iñaki Aliste Lizarralde

AD: Qual é o seu processo? Que programas você utiliza? Você desenha a mão e depois digitaliza?

Iñaki: Normalmente eu faço download do seriado inteiro ou do filme. Eu prefiro as séries que já tenham terminado para que possa ter todos os episódios disponíveis. Em sitcoms, o cenário principal (normalmente a sala de estar, posicionada de frente para a audiência) aparece em todos os episódios. Geralmente, a parte difícil é localizar os cenários secundários como quartos e banheiros. Normalmente cenários móveis que mudam continuamente e de forma contraditória com o cenário central são construídos em um local diferente do estúdio. Este é o problema com séries com diversas câmeras, de fato, são como cenários de teatro.

© Iñaki Aliste Lizarralde
© Iñaki Aliste Lizarralde

Em seriados como "Sex & the City," filmados como filmes (não gravados em frente a uma audiência), os cenários são fechados e mais lógicos e coerentes - como uma apartamento de verdade. Em algumas horas eu posso localizar tudo que preciso usando o botão de avanço rápido do programa. Eu reviso os episódios diversas vezes e salvo aqueles onde tudo que preciso aparece. Enquanto isso, vou criando um primeiro esquema básico que então vou refinando e desenvolvendo com anotações. Uma vez que tenha feito uma composição do lugar eu começo um segundo esquema (usando as anotações do primeiro esquema rudimentar) para ajustar as dimensões e proporções finais, colocar o mobiliário e completar a forma final do desenho. Finalmente, inicio a terceira e definitiva planta baixa que faço mais cuidadosamente. Para completar o desenho final eu reviso todas as minhas anotações para encontrar os tons de madeira, cores dos materiais, os tecidos e todos os detalhes que preciso para fazer uma planta baixa bem detalhada.

© Iñaki Aliste Lizarralde
© Iñaki Aliste Lizarralde

No total eu preciso de algo como 30 a 40 horas (ou mais - de fato eu nunca contei) para completar uma planta baixa do zero até o resultado final. Penso que passo muito tempo localizando tudo o que preciso - tempo que é multiplicado quando é um seriado de longa duração com várias temporadas, e tempo que dobra quando os cenários do seriado muda conforme as temporadas passam e/ou quando eles são cheios de contradições. Esta é a regra geral. É mais fácil arrumar as proporções, dimensões, mobiliário, etc quando o desenho é de um filme ou minissérie, principalmente por causa que a duração do seriado ou filme é mais curta. O problema com a minissérie ou filme é que existem poucos que mostram as casas ou apartamentos por inteiro. Normalmente nós podemos ver apenas uma porção da casa (a sala de estar, cozinha e quarto) e há poucos filmes que mostram completamente uma casa ou apartamento. O apartamendo de Holly Goligthly do filme "Breakfast at Tiffanu's" [Bonequinha de Luxo] é um bom exemplo de um cenário completo. Quando faço as planta baixa à mão (que faço por encomenda e vendo em minha loja no ETSY), preciso de somente 15 ou 25 horas para replicar um dos originais dependendo da complexidade e tamanho do desenho adquirido.

© Iñaki Aliste Lizarralde
© Iñaki Aliste Lizarralde

As plantas baixas são completamente feitas à mão - não uso qualquer software de arquitetura ou design de interiores. Utilizo somente o Windows Paint para adicionar o texto. Uso papel cartão (de alta gramatura), tinta, marcadores e lápis de cor para realizar os desenhos. É uma técnica que conheço muito bem e com a qual me sinto confortável. Para meus outros trabalhos utilizo aquarelas quando faço grandes representações e atualmente utilizo um software de projeto 3D que me permite alterar facilmente os elementos. Mas para estas plantas baixas eu buscava algo mais artístico e menos técnico para transmitir a personalidade das residências com a energia e imperfeição de um desenho à mão.

Para ver ou comprar as plantas baixas de seriados de TV de Iñaki visite suas páginas no Esty e Facebook

© Iñaki Aliste Lizarralde
© Iñaki Aliste Lizarralde
© Iñaki Aliste Lizarralde
© Iñaki Aliste Lizarralde
© Iñaki Aliste Lizarralde
© Iñaki Aliste Lizarralde
© Iñaki Aliste Lizarralde
© Iñaki Aliste Lizarralde
© Iñaki Aliste Lizarralde
© Iñaki Aliste Lizarralde
© Iñaki Aliste Lizarralde
© Iñaki Aliste Lizarralde

Ver a galeria completa

Cita: Watkins, Katie. "De Friends a Frasier: plantas de 13 seriados famosos" [From Friends to Frasier: 13 Famous TV Shows Rendered in Plan] 10 Set 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/627087/de-friends-a-frasier-plantas-de-13-seriados-famosos> ISSN 0719-8906