Ampliar imagem | Tamanho original
O século XX foi um período de significante instabilidade política, com duas Guerras Mundiais e a ascensão e queda de uma enorme super-potência, a União Soviética, além de inúmeros outros conflitos. De algum modo, a "modernidade" pode ser caracterizada pela rápida criação e cristalização de um grande número de nações desde o estopim da Primeira Grande Guerra cem anos atrás.  Reagindo ao tema "Absorbing Modernity", que norteou as participações nacionais na Bienal de Veneza desse ano, os curadores do pavilhão da Áustria escolheram investigar a área onde essa instabilidade política mais se sobrepôs à arquitetura: nos edifícios de Parlamento das nações ao redor do mundo. Saiba mais  sobre o pavilhão, a seguir. Do Catálogo Oficial da 14ª Exposição Internacional de Arquitetura: Como local central de debate e legislação política, o parlamento mudou espantosamente pouco em termos de arquitetura nos últimos dois séculos. A maioria das câmaras plenárias imita a forma do antigo teatro, no qual a unidade do povo é representada. Uma minoria segue o modelo britânico com bancos opostas, baseado no conflito de opiniões.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar