Ampliar imagem | Tamanho original
Em uma topografia acidentada, na parte mais alta da cidade, foi projetado o estádio de futebol e futebol americano para o Tec de Monterrey dentro do campus Aguascalientes. Desde o paradoxo da integração e impacto de um objeto arquitetônico em um contexto natural, surge a pergunta: Como desenvolver esta simbiose natural-artificial? Vemos que o impacto perceptivo de um objeto arquitetônico reside na sua densidade sobre o plano conceitual, nesse caso o natural, por isso, optou-se por desfragmentá-lo e espalhá-lo ao longo da topografa, cumprindo suas funções intrínsecas e gerando um novo cenário hibridizado pelos elementos inseridos no local. (Se a resposta está em função do impacto perceptivo que deverá ter o objeto arquitetônico sobre um meio natural com tal riqueza, e este está determinado por sua densidade ou massividade, com sua capacidade de dialogar, optou-se então por fragmentá-lo, espalhá-lo ao longo da topografia, como se os novos elementos partissem da mesma lógica natural do lugar, criando, enfim, uma paisagem nova, híbrida, feita a partir dos elementos monolíticos inseridos. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar