Ampliar imagem | Tamanho original
UM ENSAIO SOBRE MEDIANEIRAS “É o segundo homem que determina se a criação do primeiro será levada adiante ou destruída." BACON, Edmund. 1967 1. DO VAZIO Partindo do pressuposto de que a cidade é o resultado direto da sobreposição espaço-temporal de edificações, toda intervenção arquitetônica deve buscar uma relação de respeito e atenção a toda pré-existência. É essa a relação que propomos. O terreno disponível para a expansão da Sede do Sindicato dos Engenheiros do Rio Grande do Sul se apresenta como um vazio entre muros, um hiato entre edificações que prejudica a continuidade das ruas onde se insere. Se, na Av. Érico Veríssimo, o vazio possui apenas 2 pavimentos - entre a base do SENGE e o pavilhão lindeiro -, na R. Visconde do Herval o intervalo assume proporção considerável, com empenas cegas de aproximadamente vinte metros em cada uma de suas faces; um cânion entre duas edificações. O trabalho do arquiteto, na dupla condição de usuário e projetista, reside, portanto, na identificação, interpretação e proposição de oportunidades como a apresentada neste trabalho. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar