O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Favela vertical mais alta do mundo pode ser vendida a um consórcio chinês

Favela vertical mais alta do mundo pode ser vendida a um consórcio chinês

Favela vertical mais alta do mundo pode ser vendida a um consórcio chinês
Favela vertical mais alta do mundo pode ser vendida a um consórcio chinês, © Vía 'The Atlantic'
© Vía 'The Atlantic'

Assim como a recente venda do histórico Edifício Espanha ao grupo chinês Dalian Wand por 265 milhões de euros, a controversa Torre de David - vencedora do Leão de Ouro na Bienal de Veneza 2012 - estaria fazendo parte de uma negociação entre organizações bancarias chinesas e o governo venezuelano, segundo informa o jornal TalCual.

Torre de David é um arranha-céu localizado no centro de Caracas projetado originalmente para receber escritórios corporativos, porém, jamais foi concluído. Suas obras tiveram início em 1990, mas com morte de seu principal investidor em 1993 e a crise financeira que assolou o país em 1994, sua construção foi congelada e o edifício veio parar nas mãos do Estado. Em 2007 uma ocupação de 2 mil pessoas sem teto converteu a torre na favela vertical mais alta do mundo. 

© Vía 'The Atlantic' © Vía 'The Atlantic' © Vía 'The Atlantic' © Vía 'The Atlantic' + 4

© Vía 'The Atlantic'
© Vía 'The Atlantic'

A torre é considerada o terceiro maior arranha-céu da Venezuela, atrás apenas das Torres Gêmeas do Parque Central, que têm cada uma 262 metros de altura.

Com a obra estagnada durante e etapa de construção dos fechamentos, o edifício passou a ser popularmente conhecido como Torre de David em homenagem a David Brillembourg, seu principal investidor, e seu incômodo silêncio na capital do país foi rompido em 2007, quando um contingente de 2 mil sem-tetos tomou o edifício, liderado pelo pastor evangélico Alexander 'El Niño' Daza. 

© Vía 'The Atlantic'
© Vía 'The Atlantic'

Convertido em eterna metáfora política, urbana e econômica num país altamente polarizado, o mais recente anúncio se soma ao histórico de falsos alardes que giram em torno do edifício desde a primeira tentativa de negociações realizada há dez anos. Segundo informa TalCual, a atual negociação com o consórcio bancário chinês está a cargo do Ministro de Estado para a Transformação Revolucionária de Gran CaracasErnesto Villegas, e implicará na relocação dos atuais inquilinos para a cidade de Cúa - a 53 km da capital - possivelmente em dezembro deste ano. 

Após a divulgação do anúncio, o governo venezuelano rapidamente acrescentou que será realizado "um diagnóstico da comunidade para tomar as medidas necessárias visando melhorar suas condições de vida e o entorno" da Torre de David, informou a página oficial do Ministério do Poder Popular da a Comunicação e Informação.

Atualmente a Torre de David está ocupada até o 28° pavimento (dos 44) e não conta com elevadores nem comércio vicinal próprio; sua população é estimada em 5 mil pessoas e 1.200 famílias. 

© Vía 'The Atlantic'
© Vía 'The Atlantic'
Cita: Valencia, Nicolás. "Favela vertical mais alta do mundo pode ser vendida a um consórcio chinês" [Histórica Torre David de Caracas sería entregada a consorcio chino] 18 Jul 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/624117/favela-vertical-mais-alta-do-mundo-pode-ser-vendida-a-um-consorcio-chines> ISSN 0719-8906
Ler comentários