O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Arquitetura Esportiva
  4. Áustria
  5. Hofrichter-Ritter Architekten
  6. 2014
  7. Centro Esportivo Blue Box / Hofrichter-Ritter Architekten

Centro Esportivo Blue Box / Hofrichter-Ritter Architekten

Centro Esportivo Blue Box / Hofrichter-Ritter Architekten
Centro Esportivo Blue Box / Hofrichter-Ritter Architekten, © Karl Heinz Putz
© Karl Heinz Putz

© Karl Heinz Putz © Karl Heinz Putz © Karl Heinz Putz © Christian Schellander + 30

  • Equipe de Projeto

    Gernot Ritter, Veronika Hofrichter-Ritter, Wolfgang Reicht, Franz Stiegler-Hameter
  • Planejamento da Estrutura de Suporte

    Peter Mandl ZT GmbH, Graz
  • Mais informações Menos informações
© Christian Schellander
© Christian Schellander

© Christian Schellander
© Christian Schellander

Os três pavilhões esportivos de BG/BORG Graz Liebenau – chamados Blue Box –deveriam ser interpretados como módulos adicionais dentro de todo o complexo dos edifícios esportivos e da escola existente, que funciona, no entanto, como um edifício como o resultado de um forte efeito formador de identidade de sua aparência externa.

Planta Baixa -1
Planta Baixa -1

O pavilhão esportivo é divisível, e possui pé direito de 9 metros de altura, mas está enterrado aproximadamente 4 m, para trazer a altura do edifício à uma altura compatível com o entorno, com o complexo esportivo e as residências locais.

© Karl Heinz Putz
© Karl Heinz Putz

A área de arquibancada é projetada para 300 pessoas além de seis espaços para cadeiras de rodas adicionais. Três assentos com capacidade telescópica permite a capacidade ser aumentado em 264 pessoas, chegando a um total de 566 espectadores. A unidade do pavilhão e da área de esportes é um elemento importante na concepção do espaço urbano: A fachada deste pavilhão possui a mesma superfície azul estruturada que a área de esportes com o seu revestimento de borracha. A unidade do projeto cria uma área de entrada para o pátio da escola, que já possui fortes referências associadas ao esporte. A ideia de vazio horizontal da base, representada na forma de um pano de vidro que pode ser iluminado, também faz a estrutura parecer bastante leve.

© Christian Schellander
© Christian Schellander

Na articulação, sob a estrutura que conecta o edifício existente a a sala dos "esportes antigos" e a nova sala, encontram-se os acessos e o hall de entrada com uma pequena área de buffet e os ambientes anexos. Através do uso sinergético dos banheiros existentes - agora renovados e otimizados - dentro do 'antigo' pavilhão esportivo, a conexão direta também pode ser justificada em termos da funcionalidade do uso externo no caso de eventos. 

© Karl Heinz Putz
© Karl Heinz Putz

Como uma medida anti-reflexo, o próprio pavilhão de esportes é naturalmente iluminada do lado norte. Algumas claraboias adicionais, que servem como extração de calor e eventual fumaça, conferem uma iluminação agradável nos pisos.

© Karl Heinz Putz
© Karl Heinz Putz

Os acessos são projetados de maneira que a divisão estrita é possível entre os usos da escola e usos externos por clubes, por exemplo. Mas também entre visitantes e atletas: os usuários externos e jogadores/organizadores podem acessar o pavilhão esportivo através de uma pista de corrida ao norte das quadras e entrar no edifício do novo pátio nordeste, para que o edifício escolar existente não seja utilizado e as aulas não sejam perturbadas.

Corte B
Corte B

Acesso para visitantes em caso de eventos se dá através do eixo central principal do pátio da escola e através da nova entrada principal, na lateral da escola. Ele termina dentro do foyer, a partir de onde os assentos podem ser acessados, é também acessível para cadeirantes. Alunos e professores possuem acesso direto do edifício existente através das escadarias apenas para os vestiários e os ginásios esportivos.

© Karl Heinz Putz
© Karl Heinz Putz

O subsolo é utilizado exclusivamente por atletas e aqueles que os acompanham. Através de escadas ou elevadores, é possível acessar um corredor que leva aos vestiários com banheiros, assim como às salas de manutenção e serviços do edifício. Uma dos três vestiários, tendo cada um deles dois cubículos, é reservado para portadores de necessidades especiais e equipado com um chuveiro adequado. Um banheiro adaptado, que também pode ser utilizado pelo público geral durante os treinamentos e aulas completam as instalações.

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Centro Esportivo Blue Box / Hofrichter-Ritter Architekten" [Blue Box / Hofrichter-Ritter Architekten] 10 Jul 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Santiago Pedrotti, Gabriel) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/623806/centro-esportivo-blue-box-hofrichter-ritter-architekten> ISSN 0719-8906