Ampliar imagem | Tamanho original
Na Ilha do Fogo, a 1800 m de altitude, dentro da cratera do vulcão, se localiza um povoado com cerca de 1200 pessoas, à margem da legalidade, ocupando terrenos do Estado, onde organizam as suas atividades principalmente agrícolas, garantido a sua sobrevivência numa das mais pobres zonas de Cabo Verde. O estatuto de área protegida de interesse nacional forçou a delimitação de zonas de cultivo, com limites de construção e introdução de normas, contrariando a ocupação livre da povoação, gerando choques de interesses com confrontos frequentes. O Projeto da Sede do Parque Natural do Fogo, nasce das necessidades da consolidação da identidade de uma área protegida e da conciliação da povoação com a nova gestão do Parque. Assim, foram concebidos e criados espaços de lazer e culturais para usufruto tanto dos habitantes de Chã das Caldeiras como de visitantes; espaços de trabalho também foram criados para a fixação de técnicos ligados à gestão e tratamento da área protegida. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar