O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. Bienal de Veneza 2014: NRJA cria primeiro banco de dados sobre a arquitetura modernista da Letônia

Bienal de Veneza 2014: NRJA cria primeiro banco de dados sobre a arquitetura modernista da Letônia

Bienal de Veneza 2014: NRJA cria primeiro banco de dados sobre a arquitetura modernista da Letônia
Bienal de Veneza 2014: NRJA cria primeiro banco de dados sobre a arquitetura modernista da Letônia, Restaurante “Sēnīte” (1967); Vidzeme highway 37.km / Linards Skuja, Andris Bite, G. Grīnbergs, R. Ozoliņš - Cortesia deThe Museum of Architecture of Latvia
Restaurante “Sēnīte” (1967); Vidzeme highway 37.km / Linards Skuja, Andris Bite, G. Grīnbergs, R. Ozoliņš - Cortesia deThe Museum of Architecture of Latvia

Os arquitetos do escritório NRJA foram selecionados como curadores da participação da Letônia na Bienal de Veneza 2014. Baseada na afirmação de que "(não) há modernismo na Letônia", a exposição Unwritten confrontará a falta de pesquisa e avaliação da arquitetura moderna letã do pós-guerra.

Como descrevem os curadores, a insuficiência de conhecimento da arquitetura moderna letã do pós-guerra é o resultado de uma situação complicada. Por um lado, "há uma aversão a tudo o que aconteceu no período da ocupação soviética", enquanto que, por outro lado, "há uma onde de nostalgia acrítica quanto à juventude e infância do país, além de um deslumbramento superficial em relação à exótica herança soviética." 

Embora muitas dessas estruturas já tivessem alcançado o status de "monumento", caso estivessem em outros países, não houve uma avaliação de sua importância no patrimônio arquitetônico letão. Na ameaça de serem demolidos, esses edifícios do pós-guerra correm o risco de nunca serem estudados, deixando um período da história arquitetônica letã não registrado. 

Projeto "tipo" de estação de gás (1965); Daugavpils 74, Ogre © Zigmārs Jauja, NRJA
Projeto "tipo" de estação de gás (1965); Daugavpils 74, Ogre © Zigmārs Jauja, NRJA

Os curadores de Unwritten planejam destacar o modernismo na Letônia e iniciar uma discussão global que poderá resultar no maior banco de dados da arquitetura modernista letã do pós-guerra.

Participe da discussão aqui.

Unwritten - exposition of Latvia in Arsenale as an analog representation of virtual information collection in real time and space. Over 2000 pages suspended in a frame fastened to existing beams, creating a sense of an information cloud that is moving in response to airflow. © NRJA
Unwritten - exposition of Latvia in Arsenale as an analog representation of virtual information collection in real time and space. Over 2000 pages suspended in a frame fastened to existing beams, creating a sense of an information cloud that is moving in response to airflow. © NRJA

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: Rosenfield, Karissa. "Bienal de Veneza 2014: NRJA cria primeiro banco de dados sobre a arquitetura modernista da Letônia" [Venice Biennale 2014: NRJA to Establish First-Ever Database of Latvian Post-War Modernist Architecture] 28 Mai 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/605759/bienal-de-veneza-2014-nrja-cria-primeiro-banco-de-dados-sobre-a-arquitetura-modernista-da-letonia> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.