Ampliar imagem | Tamanho original
O último Salão de Restauro e Conservação de Ferrara, Itália, teve como um dos destaques os modelos em escada de algumas famosas residências paulistas das décadas de 50, 60 e 70. Ícones como a Casa de Vidro, de Lina Bo Bardi, a Casa Masetti, de Paulo Mendes da Rocha, e outras criadas por arquitetos como Vilanova Artigas, Joaquim Guedes, Carlos Millan, Oswaldo Correa Gonçalves e Marcos Acayaba foram dissecadas pelos estudantes de Ferrara e depois recriadas em modelos digitais e maquetes para a mostra "Viver em Concreto". A mostra flagra um possível interesse dos italianos, experientes na área de recuperação e restauro de edificações, no mercado brasileiro, onde diversas obras modernistas e brutalistas necessitam passar por restauros. O estudo e a mostra dos alunos de Ferrara foram possíveis graças ao precioso livro "Residências em São Paulo: 1947-1975", feito pela arquiteta Marlene Milan Acayaba. Editada há quase 30 anos (1987), a obra virou raridade em sebos por um período e ganhou reedição fac-similar em 2011. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar