O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Fotografia e Arquitetura: Simón García

Fotografia e Arquitetura: Simón García

Fotografia e Arquitetura: Simón García
Fotografia e Arquitetura: Simón García, © Simón García
© Simón García

Temos o prazer de apresentar o fotógrafo de arquitetura espanhol Simón García. Simón é formado arquiteto na Universidade de Barcelona e diz que seu interesse pela fotografia nasceu das viagens culturais da faculdade.

Em nossa seção de Fotografia e Arquitetura, apresentamos diversos fotógrafos, juntamente uma entrevista em que nos contam sobre a profissão e a maneira de abordar a arquitetura, assim como uma seleção das melhores imagens dos entrevistados.

A seguir apresentamos a entrevista exclusiva de Simón García.

1. Quando e como você começou a fotografar arquitetura?

Comecei a me interessar mais pela fotografia de arquitetura nas viagens culturais organizadas cada ano na escola de arquitetura, quando estava estudando.

© Simón García
© Simón García

2.  Você é arquiteto?

Sim, estudei arquitetura na Universidade de Barcelona depois de ter acabado o curso de arquitetura técnica. Após alguns anos trabalhando em um escritório, decidi fazer um curso de especialização e formar-me, paralelamente, de maneira autodidata, para me dedicar exclusivamente à fotografia de arquitetura.

© Simón García
© Simón García

3. Por que gosta de fotografar arquitetura?

Gosto de fotografia há muitos anos. Peguei o final da era analógica e me fascinei, como muitos, pela revelação no quarto escuro. De fato, creio que a maioria dos arquitetos se interessa por fotografia pela faceta criativa e seguramente sigo me considerando tanto, ou mais, arquiteto do que fotógrafo, apesar de não estar propriamente projetando. Dedicar-me à fotografia de arquitetura permite-me fundir minhas duas paixões e muito provavelmente ver mais arquitetura do que quando trabalhava em diferentes estúdios.

© Simón García
© Simón García

4. Arquiteto favorito?

A verdade é que há muitos arquitetos com obras que me interessam. Tanto clássicos como jovens arquitetos que se preocupam nos projetos em dar solução a problemas, sem deixar de fazer uma arquitetura inovadora, sustentável e contida formal e economicamente.

© Simón García
© Simón García

5. Obra favorita?

Minhas obras favoritas são obras que pude visitar, que é a única maneira de conhecer bem um projeto. Pode-se ter uma ideia através de uma reportagem fotográfica, mas será sempre uma visão parcial condicionada à interpretação que o fotógrafo produziu. Entre estas obras, estaria seguramente a Neue National Gallery de Mies van der Rohe, Ronchamp, de Le Corbusier ou a Biblioteca de les Algües, do arquitetos Clotet e Paricio. Uma fantástica reabilitação de um antigo depósito de águas, convertido em uma biblioteca, em Barcelona. O que mais me interessa dos três projetos não é tanto o construído, mas o espaço que contém.

© Simón García
© Simón García

6. Como você trabalha? (independente, com revistas, arquitetos, viagens)?

Trabalho sozinho e quase sempre com um encargo prévio, seja de um arquiteto, uma revista ou empresa do setor. De momento, a maioria dos projetos que fotografei estão próximos a Barcelona, mas quando tenho algum trabalho em outra cidade, desloco-me. Preparo a reportagem no dia anterior, com algum dos programas que existem sobre luz solar, com as plantas e documentação do projeto, que previamente solicito ao cliente. Sempre que possível, gosto de fazer uma visita à obra com o arquiteto. Para mim é importante escutar como explica a obra, as intenções de projeto, os aspectos que destaca e se houve alguma modificação que o desvirtua e convém evitar nas fotos.

Como normalmente dedico um dia inteiro desde a primeira hora até o sol se por, para observar como incide a luz no edifício ao longo das horas e fazer fotos nessa “hora mágica”, quando se iguala a luz exterior com a iluminação interna. Uma vez que tenho as fotografias, trabalho para processar cada uma delas, o que costumo dedicar bastante mais tempo do que a captura. Finalmente há o trabalho de difusão da obra por revistas, editoriais, publicações digitais, blogs, etc., para dar visibilidade ao projeto. Apesar da crença que o fotógrafo passa a maior parte do dia fazendo fotos, na verdade isso é uma mínima parte, e, ao menos no meu caso, a maior parte do tempo passo diante do computador processando, com a difusão do projetos ou trabalhando a presença na rede nas diferentes redes sociais.

© Simón García
© Simón García

7.  Que equipamentos e softwares utiliza?

O que utilizo é basicamente uma câmera reflex, full frame, lentes próprias, tripé e uma rótula micrométrica para controlar ao máximo a foto. Os softwares que uso são, entre outros, Adobe Bridge, Lightroom e Photoshop.

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Alexandra Molinare
Autor
Cita: Molinare, Alexandra. "Fotografia e Arquitetura: Simón García" [Fotografía de Arquitectura: Simón García] 26 Fev 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Britto, Fernanda) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/99459/fotografia-e-arquitetura-simon-garcia> ISSN 0719-8906

Mais entrevistas em nosso Canal de YouTube