Ampliar imagem | Tamanho original
© Luc Boegly© Luc Boegly© Luc Boegly© Luc Boegly UMA PAISAGEM VERTICAL A inspiração para criar essa paisagem arquitetônica nesta configuração urbana vem das especificações originais do projeto. Forte fragmentação vertical também fazia parte dos requisitos, como um skyline partido. Como demandado, a fachada sul conta com grandes aberturas de 6 por 10 metros, que estão integradas pela fragmentação vertical. Os volumes são separados verticalmente por rupturas. Estes espaços quebrados estruturam a organização do nível térreo e criam uma transparência entre os terraços e o Promenade des Provinces Françaises. © Luc Boegly Ao longo deste, os volumes esculpidos são estruturados em dois níveis, um – mais baixo – no nível de uma das vias locais e o outro – mais alto – ao nível da Avenue des Terrasses. O corte mais baixo dos edifícios conforma uma única estrutura coesiva, que unifica o todo e provê uma base sólida para a paisagem vertical. As verticais são acentuadas pelo uso de materiais contrastantes para a fachada sul e para as superfícies internas. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar