O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Primeira edição do Festival “Luz na Cidade” no Rio de Janeiro

Primeira edição do Festival “Luz na Cidade” no Rio de Janeiro

  • 22:00 - 16 Agosto, 2012
  • por Joanna Helm
Primeira edição do Festival “Luz na Cidade” no Rio de Janeiro
Primeira edição do Festival “Luz na Cidade” no Rio de Janeiro, Via Luz na Cidade
Via Luz na Cidade

 

Pela primeira vez, o festival de iluminação das ruas “Luz na Cidade” aconteceu no Brasil. De 18 a 29 de junho, as instalações foram realizadas no Centro Histórico do Rio de Janeiro, por artistas e projetistas de luz reconhecidos internacionais que foram convidados a “brincar com a luz”. Neste evento de iluminação foram destacadas as belezas dos edifícios e dos monumentos da região e sua importância para a cidade, atentando para questões de eficiência energética.

Via Luz na Cidade

Inspirado por alguns dos muitos festivais de luz que existem na França,  e em cerca de sessenta países do mundo, o show pretende engajar-se com o embelezamento e desenvolvimento urbano de uma cidade em movimento.

Via Luz na Cidade

O tema da luz é tratado por um enfoque contemporâneo, chamando a atenção para as transformações da vida cotidiana por uma mescla sutil de estética e crítica. A partir de uma série de instalações de diversos tipos (animações, monumentos ao ar livre, interativas, etc) localizadas entre a Praça Tiradentes e a Lapa, os artistas: Albano Alfonso, Anthony Mc Call, David Batchelor, Delphine Reist, Sombra electrónico, Erik Samakh, Luiz Zerbini, Regina Silveira, Ron Haselden e Tomás Ribas mostraram seus trabalhos.

Via Luz na Cidade

Eletrobrás utilizou o “Luz na Cidade”para demonstrar aos cidadãos e visitantes um espetáculo onde o uso da tecnologia  pode ser interessante, assim como  a valorização dos espaços urbanos, a eficiência, o impacto ambiental e baixo custo.

Via Luz na Cidade

O gasto energético total do projeto de iluminação do Museu Nacional de Belas Artes, por exemplo, é equivalente a um chuveiro elétrico, ou 88kWh por mês (cerca de 30 dólares por mês). A instalação para o museu ficou como um legado para a cidade, assim como a Prefeitura, a Escola de Música de UFRJ e o Monumento ao Marechal Floriano Peixoto, na Cinelândia.

Via Luz na Cidade

No entanto, o foco é o debate sobre a redução do consumo de energia, um elemento chave. Para se ter uma ideia, em 2005 representou 75% do gasto energético dos municípios, o que implica uma redução no custo de energia da iluminação. Por conseguinte, ter um impacto significativo na redução do consumo global e na poluição das cidades.

Via Luz na Cidade

É possível encontrar soluções utilizando, por exemplo, outro tipo de lâmpada ou reduzir a duração da iluminação. “Luz na Cidade” apresenta métodos para o uso da luz com consumo mais baixo.

Via Luz na Cidade

A iluminação do Museu de Belas Artes terá um consumo diário de pouco mais que um chuveiro elétrico. No caso da prefeitura a nova iluminação permitirá uma economia de mais de 50%, de acordo com o instalador oficial da empresa. Com estas instalações de baixo consumo, “Luz na Cidade”tem como objetivo inspirar os projetistas de iluminação de participar ativamente na construção de um mundo mais sustentável.

 

Via Luz na Cidade

 

Sobre este autor
Cita: Joanna Helm. "Primeira edição do Festival “Luz na Cidade” no Rio de Janeiro" 16 Ago 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/65365/primeira-edicao-do-festival-luz-na-cidade-no-rio-de-janeiro> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.