O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Ampliação do Palais de Tokyo / Lacaton & Vassal

Ampliação do Palais de Tokyo / Lacaton & Vassal

Ampliação do Palais de Tokyo / Lacaton & Vassal
Ampliação do Palais de Tokyo  / Lacaton & Vassal, ©11h45
©11h45

Aberto em 1937, o Palais de Tokyo sofreu por décadas de negligência e deterioração. Abrigando arte moderna em seus primeiros períodos, logo foi relegado a um segundo plano após a conclusão do Centre George Pompidou no final dos anos 1970, o qual tomou o papel de acolher exposições de arte moderna. Em estado dormente e em desuso até o fim do século XX, foi então revitalizado pelos arquitetos Lacaton & Vassal, e reaberto ao público em 2002. A estrutura enxuta que expõe e engloba materiais aparentes recebeu recentemente uma nova ampliação idealizada pelos arquitetos que o trouxeram de volta ao cenário. Mais detalhes a seguir.

©11h45

O museu aumentou de 7.000m² para 22.000m². Lacaton & Vassal escolheram manterem-se fiel à reforma original onde tudo foi mantido de forma bruta – a honestidade dos materiais.

©11h45

Livre de ambientes de atmosfera tipicamente limpa de museus, foi permitido que os elementos do edifício pudessem envelhecer, o que aumenta a patina de uma estrutura que resistiu por quase um século. Embora as camadas do fundo do porão exercem quase uma aura expansiva de algo como um túmulo, os níveis superiores aquecem-se com o calor da luz do sol através das coberturas de vidro.

©11h45

Outro aspecto interessante do museu é sua falta de percursos determinados que são típicos de outras galerias. O visitante no Palais é livre para vagar e explorar de forma desinibida por entre o edifício abaixo do seu nível do porão e seus espaços de exposição superiores.

©11h45

Talvez a realidade dos materiais é deixada para se misturarem e se justaporem à leve imposição da tecnologia como no caso das faixas de iluminação parafusadas ao tijolo existente ou os cabos expostos que correm pelos espaços, fazendo com que o Palais de Tokyo seja tão diferente de outros museus.

©11h45

Para ver mais sobre o Palais de Tokyo, visite seu site aqui.

Todas as imagens foram disponibilizadas pelos fotógrafos de arquitetura do 11h45.

©11h45
©11h45

 

 

Sobre este autor
Fernanda Britto
Autor
Cita: Fernanda Britto. "Ampliação do Palais de Tokyo / Lacaton & Vassal" 13 Jul 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/59308/ampliacao-do-palais-de-tokyo-lacaton-e-vassal> ISSN 0719-8906