O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Eco-Restaurante Fast Food It Me / Joanna Pszczólka + Lukasz Brandys

Eco-Restaurante Fast Food It Me / Joanna Pszczólka + Lukasz Brandys

Eco-Restaurante Fast Food It Me / Joanna Pszczólka + Lukasz Brandys
Eco-Restaurante Fast Food It Me / Joanna Pszczólka + Lukasz Brandys, © Joanna Pszczólka
© Joanna Pszczólka

© Joanna Pszczólka

O restaurante fast food It!me, localizado no Dream Park em Ochaby, foi criado no começo de Julho de 2011. É o primeiro da marca de uma rede de eco-restaurantes. Os designers tentaram tornar este pequeno espaço em uma imagem que faria a distinção desta marca para as outras grandes marcas de fast food. Uma mistura de elementos, como uma boa escolha de materiais, uma gama de cores limitada e detalhamentos refinados permitiram que os designers alcançassem um efeito despretensioso de modernidade e de beleza delicada. Isso determinou uma identidade a esta nova rede de restaurantes.

Toda a imagem foi ajustada ao tamanho reduzido do local e a sua função. No entanto, o projeto não estava limitado a ser apenas um projeto de decoração. Os designers criaram toda a marca, incluindo a imagem que fica contra a imagem dos outros restaurantes, seu nome, logo, até mesmo o projeto das embalagens, um conjunto de instruções para o preparo da comida, campanha publicitária e o mobiliário.

© Joanna Pszczólka

A ideia principal foi criar uma marca eco que faz uso de materiais ecológicos biodegradáveis. Os designers tiveram que enfrentar o problema de um ambiente pequeno e limitado e encontrar espaço para colocar 50 pessoas sentadas, conforme o pedido do investidor. A fim de ampliar o espaço interno visualmente, janelas que ocupam todo o pé direito foram utilizadas. Não existem mesas tradicionais, mas apenas mesas que se descolam da parede. Estas mesas sem pernas tornam mais fácil a limpeza do restaurante e ainda aumentam o espaço, permitindo que pessoas em cadeira de rodas comam no restaurante sem que tenham que estar em um local separado especial projetado para que sejam acessíveis.

Croquis

As paredes do restaurante foram construídas com blocos de concreto cobertos por tecido geotêxtil. A construção leve em madeira, com lâminas vindas de compensado de coníferas, foi fixada às paredes. Os topos das mesas são feitos de metal com painéis de MDF parafusados à estrutura. O laminado branco e espesso, utilizado em gastronomia, foi preso acima das mesas.

Croquis

As cadeiras foram feitas de compensado decíduo das quais cada elemento foi cortado por uma máquina de moagem NC e então montadas com cola ecológica biodegradável. A cor quente da madeira e o branco frio foram complementados com o verde que é a cor associada a marcas e produtos ecológicos. O mesmo esquema de cores foi utilizado nas embalagens, sendo a essência da ecologia do It!me.

O objetivo dos designers foi usar o mínimo possível de papel, fugindo das embalagens comuns para hamburguers, tortilhas e bolos, substituindo-as por embrulhos que reduzem o uso de papel a apenas 25%. A equipe de funcionários embrulha o hambúrguer em um papel anti-gordura e coloca-o em uma base de cartão com apenas o logo e o nome do produto. A montagem das embalagens não leva cola o que é possível devido às dobras especiais.

© Joanna Pszczólka

A embalagem possui a forma de trapézio o que a fortalece. Apenas o papel kraft feito de papel usado e fibras pode ser reciclado para a produção das embalagens. O uso de tinta de impressão permite a compostagem e não causa impacto à qualidade do produto. Os designers procuraram eliminar o plástico na produção das embalagens, porém, a rede é ainda muito pequena para se livrar do material completamente e criar um novo para a produção de copos para refrigerantes. Todos os elementos em plástico são feitos de PET que podem ser facilmente reciclados. O restaurante é ainda equipado com caixas de reciclagem e os consumidores reduzem o desperdício. Os resíduos organizados são coletados por uma companhia de reciclagem.

© Joanna Pszczólka

Os designers cuidaram do desenvolvimento equilibrado durante todo o trabalho. Devido a todos esses elementos utilizados no restaurante foram criados com a ajuda de pequenas empresas localizadas no bairro de Ochaby. Elas conseguiram cumprir os objetivos, tanto estéticos quanto financeiros, já que, em comparação às outras redes de fast food, o orçamento era muito pequeno. Todo o projeto foi complementado com elementos gráficos projetados da mesma maneira com o interior e as embalagens. As cores principais utilizadas foram branco, bege e verde.

A imagem foi criada pela empresa UL DESIGN (Joanna Pszczólka e Lukasz Brandys). O resultado final levou quatro meses para ser alcançado, no entanto, os designers ainda estão trabalhando no desenvolvimento da marca de It!me.

Ficha técnica:

  • Arquitetos:Joanna Psczólka + Lukasz Brandys
  • Ano:
  • Tipo de projeto: Bares e Restaurantes
  • Status:Construído
  • Materialidade: Madeira e Vidro
  • Estrutura: Madeira
  • Implantação no terreno: Adossado às 2 divisas

Sobre este escritório
Joanna Psczólka + Lukasz Brandys
Escritório
Cita: Fernanda Britto. "Eco-Restaurante Fast Food It Me / Joanna Pszczólka + Lukasz Brandys" 28 Jun 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/56464/eco-restaurante-fast-food-it-me-joanna-pszczolka-mais-lukasz-brandys> ISSN 0719-8906