Ampliar imagem | Tamanho original
© Beto Consorte© Beto Consorte© Beto Consorte© Beto Consorte Uma arquitetura de acentuada volumetria, que aproveita a topografia do lote, utiliza estruturas racionais e aplica recursos econômicos. Com essa visão pragmática, mas também poética, o jovem arquiteto brasileiro Guilherme Torres mostra como a elegância pode ser simples e, por isso mesmo, bem-resolvida. © Beto Consorte “Less is more”, lema do mestre Mies van der Rohe ganha justa tradução neste projeto. Aproveitando a pronunciada inclinação do lote, a arquitetura de 600m² foi encaixada, como um cubo destampado, entre muros de 7,5m de altura, implantação ideal para a segurança e a privacidade da família, numa rua de considerável movimento, em cidade do interior do sul do Brasil. © Beto Consorte O declive permitiu a criação de dois andares, ambos organizados em torno do pátio aberto, com piscina. Ao nível da rua com acesso por uma discreta fachada limitada à entrada, ao muro e ao portão está a ala íntima com escritório e quatro suítes. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar