O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Complexo La Pallaresa / Iberian Arquitectos (Terradas Arquitectos + Eduardo Souto de Moura)

Complexo La Pallaresa / Iberian Arquitectos (Terradas Arquitectos + Eduardo Souto de Moura)

Complexo La Pallaresa / Iberian Arquitectos (Terradas Arquitectos + Eduardo Souto de Moura)
Complexo La Pallaresa / Iberian Arquitectos (Terradas Arquitectos + Eduardo Souto de Moura), © Pedro Pegenaute
© Pedro Pegenaute

O terreno está na fronteira de duas zonas cuja morfologia é muito diferente decorrente do crescimento não controlado da cidade. Por um lado, o limite com o centro histórico, frente um conjunto consolidado com alturas constantes –fonte de desenvolvimento nos anos 60- que funcionou como barreira para o crescimento urbano posterior. De outro lado, o limite com o bairro de Singuerlin com um desenvolvimento desordenado e irregular com um relevo com forte inclinação. A conclusão da via expressa B-20 e a construção do parque Europa, nos anos 90, uniram a duas zonas sem resolver abordar o bairro Singuerlin.

© Pedro Pegenaute

O projeto Pallaresa lida com essa frente. A estratégia urbana conste em criar uma nova centralidade mediante a introdução de equipamentos na escala urbana, como o hotel e o cinema, o programa completa-se com 200 habitações; isso envolveu três conceitos básicos:

Implantação

1. Verticalidade dos edifícios para liberar terreno, reduzindo o impacto e adaptando-se às características morfológicas da área. Os edifícios de habitação têm uma altura de térreo mais 24 pavimentos, os de habitação social, térreo mais 13 andares. O hotel, térreo mais seis.

© Pedro Pegenaute

2. Liberação de até 8.500 mm2 de terreno para convertê-los em espaço verde, como prolongação do parque Europa e conexão com o complexo lúdico de Can Zam.

© Pedro Pegenaute

3. Simbolismo a nível urbano. Gera-se um elemento simbólico duplo, a entrada ao bairro de Singuerlin, definida pelo dialogo formal entre os dois altos edifícios destinados às habitações.

© Pedro Pegenaute

Os três edifícios são dispostos no terreno de maneira que os acessos, marcados por projeções de grandes dimensões, configuram um amplo espaço urbano, configurando uma praça seca com grandes loggias.

Planta baixa
© Pedro Pegenaute

Ficha técnica:

  • Arquitetos:Iberian Arquitectos (Terradas Arquitectos + Eduardo Souto de Moura)
  • Ano: 2011
  • Área construída: 65.000 m²
  • Endereço: Santa Coloma de Gramanet Barcelona Espanha
  • Status:Construído
  • Localização: Santa Coloma de Gramanet, Barcelona, Espanha
  • Implantação no terreno: Isolado

Equipe:

  1. Arquitetos: Iberian Arquitectos (Esteban Terradas, Roberto Terradas e Eduardo Souto de Moura)
  2. Colaboradores: Federico Acetti, Daniel Castro

Informação Complementar:

  1. Cliente: PROSAVI
  2. Estrutura: MC2, Julio Martinez Calzón
  3. Instalações: AJ Ingeniería, Juan Hernández
  1. Habitação social: 100 habitações de 1 ou 2 dormitórios.
  2. Habitação de venda livre: 107 habitações de 2,3 ou 4 dormitórios.
  3. Hotel: 146 quartos duplos
  4. Comércio e Lazer
  5. Cinema: 7 salas (1600 cadeiras)
  6. Estacionamento: 690 vagas
  7. Área total construída: 65.000 m2 – 26.000 m2 acima do térreo
  8. Área de zona verde: 6.000 m2
  9. Área pavimentada: 4.200 m2
  10. Projeto/Construção: 2004-2011

Cita: Marina de Holanda. "Complexo La Pallaresa / Iberian Arquitectos (Terradas Arquitectos + Eduardo Souto de Moura)" 20 Fev 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/33012/complexo-la-pallaresa-iberian-arquitectos-terradas-arquitectos-mais-eduardo-souto-de-moura> ISSN 0719-8906