Ampliar imagem | Tamanho original
Exposição “Paulo Gouveia: A reinvenção do vernáculo” no Museu dos Baleeiros (Lajes, Pico), até 29 de fevereiro. Posteriormente, poderá ser ainda visitada na Sala do Capítulo do Museu de Angra do Heroísmo de 20 de abril a 3 de junho, na Galeria de Arte Moderna da Sociedade Nacional de Belas-Artes entre 3 e 31 de julho e, finalmente, no Teatro Micaelense de 20 de setembro a 20 de outubro. Comissariada pelos arquitetos João Vieira Caldas e Sérgio Fazenda Rodrigues, esta mostra resulta da seleção de sete obras, escolhidas pelo seu significado no conjunto da produção arquitetónica de Paulo Gouveia e pela fiabilidade da documentação a elas respeitante existente no espólio. Essas obras são o Museu dos Baleeiros (Lajes, Pico), o Museu do Vinho (Madalena, Pico), a Fanfarra Operária Gago Coutinho e Sacadura Cabral (Angra do Heroísmo, Terceira), a Igreja de São Lourenço de Carnide (Lisboa), a Casa Margarida Leão (Ajuda, Lisboa), a Casa Godinho (Fontanelas, Sintra) e a Casa Lacerda (Engrade, Pico). Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar