Ampliar imagem | Tamanho original
Como parte do complexo de antigos galpões Daoiz y Verlarde, o objetivo é preservar a arquitetura: um exemplo da herança industrial e militar de Madri. Desde o início a ideia era respeitar a geometria básica do edifício existente, bem como sua estrutura metálica e sua fachada de tijolos. O espaço interno foi esvaziado, criando um invólucro para o Centro Cultural - que foi dividido em duas áreas com acessos e circulações distintas, mas que guardam uma forte conexão visual e espacial entre si. Um novo espaço intermediário foi criado para separar o antigo contenedor dos novos usos, trazendo o caráter do edifício preexistente à tona. Este espaço estabelece conexões visuais que promovem variações na experiência espacial. Um generoso espaço comum foi criado em cada ponto de acesso; um lugar para encontros, informações e exposições que funciona como uma ágora coberta - quase como se a praça externa adentrasse o edifício.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar