O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Concursos
  3. Vencedor do concurso para requalificação de baixios de viadutos em Belo Horizonte – Viaduto #3 - Viaduto Cinquenta e Dois / ENTRE Arquitetos

Vencedor do concurso para requalificação de baixios de viadutos em Belo Horizonte – Viaduto #3 - Viaduto Cinquenta e Dois / ENTRE Arquitetos

Vencedor do concurso para requalificação de baixios de viadutos em Belo Horizonte – Viaduto #3 - Viaduto Cinquenta e Dois / ENTRE Arquitetos
Vencedor do concurso para requalificação de baixios de viadutos em Belo Horizonte – Viaduto #3 - Viaduto Cinquenta e Dois / ENTRE Arquitetos , A estratégia de intervenção parte da manipulação da topografia negativa e positiva - natural e antrópica - como forma de ressignificação da paisagem.. Image Cortesia de ENTRE Arquitetos
A estratégia de intervenção parte da manipulação da topografia negativa e positiva - natural e antrópica - como forma de ressignificação da paisagem.. Image Cortesia de ENTRE Arquitetos
  • Competição

    Requalificação de baixios de viadutos em Belo Horizonte
  • Premio

    Primeiro Lugar
  • Arquitetos

    Alecsander Gonçalves, Daniele de Souza Capella, Vinícius Capella
  • Localização

    Avenida Silva Lobo, Belo Horizonte - Minas Gerais, Brasil
  • Contratante

    Prefeitura de Belo Horizonte
  • Área

    5100.0 m2
  • Ano do projeto

    2014

Seguindo a publicação dos projetos vencedores do Concurso para a Requalificação de Baixios de Viadutos em Belo Horizonte, apresentamos desta vez a proposta vencedora do Viaduto #3 - Viaduto Cinquenta e Dois - Av. Silva Lobo sob Av. Amazonas, produzida pelo escritório ENTRE arquitetos em parceira com Alecsander Gonçalves.

A seguir, a descrição do projeto pelos autores.

As imensas desigualdades de renda do país criam formas de segregação espacial, e áreas privadas, como os shoppings centers, substituem, por razões de segurança e de pasteurização social, lugares tradicionais do convívio público, como ruas e praças. A PBH toma iniciativa importante para o futuro das nossas cidades para a revalorização do espaço público, locus da democracia. A proposta para o viaduto Silva Lobo parte da manipulação da topografia - natural e antrópica, positiva e negativa - para a criação de espaços de permanência e encontro. A estratégia visa adicionar programas que gerem fluxos constantes no baixio do viaduto sem bloquear as visuais sob o viaduto, de forma a garantir a sensação de segurança dos usuários cotidianos e transeuntes. Entre esses espaços de usos definidos, há espaços para o improvável, aberto ao acaso e à excessão. A mescla entre o definido e o indefinido amplia a dinâmica territorial, e oferece maiores possibilidades de apropriação e identidade por parte dos moradores locais, uma vez que seu uso cotidiano e as nuances da arquitetura vivida cria uma lacuna sobre a arquitetura projetada.

Cortesia de ENTRE Arquitetos
Cortesia de ENTRE Arquitetos
Cortesia de ENTRE Arquitetos
Cortesia de ENTRE Arquitetos

FASES DE IMPLANTAÇÃO

A proposta se estrutura em duas fases de implantação, inicialmente a intervenção é feita no baixio do viaduto, e em sua segunda fase é ampliada para o vazio urbano adjacente, com quadras poliesportivas e de basquete, palco para apresentações, entre outros equipamentos. Dessa forma, pretende-se transformar a imagem dessa região atualmente sub-utilizada para um ponto de centralidade, de encontro e de permanência para o lazer. Já há em andamento uma petição pública com cerca de duzentas assinaturas dos moradores locais para implementação de um parque na  região da segunda fase da proposta, uma área vazia de edificações e de função social.

As topografias negativas comportam usos catalizadores com o mínimo de intervenção visual no baixio, de forma a manter a sensação de segurança às pessoas.. Image Cortesia de ENTRE Arquitetos
As topografias negativas comportam usos catalizadores com o mínimo de intervenção visual no baixio, de forma a manter a sensação de segurança às pessoas.. Image Cortesia de ENTRE Arquitetos

TOPOGRAFIA ANTRÓPICA

Uma série de planos horizontais convergem e sobrepõem à estrutura do viaduto, criando assim uma plataforma infra-estrutural de usos diversos. Essa topografia artificial também oferece às pessoas um espaço de permanência em que o programa não é definido pelo arquiteto, mas mutável e em constante renovação conforme as necessidades do momento. Um aluno que queira ler um livro, um grupo que se encontra para conversar, ou uma apresentação musical em que a plataforma se transforma em arquibancada, as pessoas se apropriam de acordo com as necessidades do cotidiano. Indefinido, portanto infinito como potencial.

As topografias positivas são infra-estruturas entre usos definidos. Espaços híbridos, que comportam a imprevisibilidade do cotidiano e o acaso.. Image Cortesia de ENTRE Arquitetos
As topografias positivas são infra-estruturas entre usos definidos. Espaços híbridos, que comportam a imprevisibilidade do cotidiano e o acaso.. Image Cortesia de ENTRE Arquitetos

ATIVAÇÃO URBANA

Para que se tenha uma ambiência com qualidade urbana, é essencial que a PBH, além de oferecer a infra-estrutura arquitetural, promova eventos de ativação urbana, em especial no início do novo uso. Pequenos shows musicais, feiras gastronômicas, festas de celebração, encontros dos locais, são exemplos. Esses eventos de excessão, efêmeros por natureza, criam uma densidade de uso âncora para manutenção e apropriação do espaço. Aos poucos essa política pública de gerenciamento relacional pode ser dividida com os moradores locais, com a criação de uma comissão do bairro.

Paraciclos modulares metálicos, assim como arvoreiras que auxiliam no conforto ambiental, complementam os mobiliários urbanos. . Image Cortesia de ENTRE Arquitetos
Paraciclos modulares metálicos, assim como arvoreiras que auxiliam no conforto ambiental, complementam os mobiliários urbanos. . Image Cortesia de ENTRE Arquitetos

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este autor
Romullo Baratto
Autor
Cita: Romullo Baratto. "Vencedor do concurso para requalificação de baixios de viadutos em Belo Horizonte – Viaduto #3 - Viaduto Cinquenta e Dois / ENTRE Arquitetos " 19 Fev 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/177720/vencedor-do-concurso-para-requalificacao-de-baixios-de-viadutos-em-belo-horizonte-nil-viaduto-number-3-viaduto-cinquenta-e-dois-slash-entre-arquitetos> ISSN 0719-8906