Ampliar imagem | Tamanho original
O Instituto Inhotim, famoso não apenas por sua enorme coleção de arte contemporânea, mas também por ter transformado a pacata cidade de Brumadinho, nos arredores de Belo Horizonte, em um destino para arquitetos e entusiastas da arquitetura, anuncia a criação de outros dois pavilhões para setembro deste ano. Um deles será dedicado à obra de Claudia Andujar na Amazônia, expondo desde seus primeiros contatos com os índios, passando pela série “Marcados” e concluindo com seu trabalho fotográfico mais recente na floresta. Embora outras obras da artista já constem na coleção do Instituto, a nova galeria, projetada pelo escritório Arquitetos Associados, será dedicada exclusivamente ao trabalho da artista com os índios. O segundo pavilhão a ser inaugura do em setembro é voltado para a obra do artista dinamarquês Olafur Eliasson. Esta galeria será, na realidade, a própria obra do artista. A estrutura circular que capta a luz natural foi projetada pelo próprio artista. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar