Ampliar imagem | Tamanho original
Muitos arquitetos são familiarizados com a obra de Iwan Baan, o célebre fotógrafo que documentou alguns dos mais icônicos edifícios do mundo. Mas o que muitos provavelmente não sabem é que Bann originalmente não tinha a intenção de fotografar arquitetura. Não fosse um fortuito encontro com Rem Koolhaas, as coisas poderiam ter sido muito diferentes.  No vídeo acima, Bann fala com ERCO no Louvre Lens, um projeto do SANAA para uma extensão do Museu do Louvre em uma cidade mineradora no norte da França. Enquanto caminha pelo campus do museu, Bann fala sobre tudo, desde seu primeiro contato com a fotografia até a importância da luz em sua obra. "Fotografia," diz ele, "pode existir sob qualquer condição de luz". De fato, sua fotografia de Nova Iorque durante o apagão em decorrência do Furacão Sandy, sua obra mais famosa, é poderosa precisamente pela ausência de luz. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar