Ampliar imagem | Tamanho original
Esta casa é parte de um complexo familiar, e expressa a relação próxima da proprietária com seu avô, que tem sua própria casa dentro do complexo. O projeto reflete o laço estreito entre avô e neta ao orientar os espaços principais em direção à casa dele e seus jardins. Os espaços de estar no térreo se abrem para os jardins espalhados, enquanto os espaços privados elevados da proprietária e seu filho são protegidos por uma tela de curvatura suave. Os jardins compartilhados se assemelham a uma floresta com os espaços, como ninho de pássaros, empoleirados entre as árvores. A expressão da casa se refere a cascas, ramos e galhos. Estes componentes trazem uma delicada complexidade. Os espaços são envolvidos por uma tela curva texturizada em madeira e malha de alumínio de diferentes comprimentos e diâmetros. Além do caráter abstrato, a tela tem funções variadas - é uma camada porosa protegendo os quartos do tempo e da luz enquanto permite insolação filtrada e ventilação; faz a mediação da privacidade do espaço ao ajustar a intensidade de seus componentes; é duplicada como uma barreira de segurança nas janelas e no terraço. O jogo de linhas, arestas e sombras se estende até as paredes laterais revestidas em perfis modulares de madeira e painéis. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar