O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. “Alley cat”: provas de ciclismo em meio à cidade

“Alley cat”: provas de ciclismo em meio à cidade

“Alley cat”: provas de ciclismo em meio à cidade
“Alley cat”: provas de ciclismo em meio à cidade,  Imagem do documentário "Line of Sight", de Lucas Brunelle
Imagem do documentário "Line of Sight", de Lucas Brunelle

A tarde de 9 de julho, terça-feira, se sucedia normalmente em Santiago do Chile: os carros, as bicicletas e as pessoas iam de um lado a outro na esquina da Santa Isabel com a Arturo Prat. Era o ambiente sistemático e agitado de sempre, onde se circula quase que por inércia entre o sonho e a rotina.

Todavia, às 21h cerca de 60 ciclistas irromperam no frenesi cotidiano com um único objetivo: chegar em primeiro lugar (ou, ao menos, bater seus próprios recordes). Não importava se a bicicleta tinha marchas, freios ou nenhum dos dois. Na realidade, a maior parte dos participantes corria sobre uma bicicleta de pinhão fixou um de apenas uma marcha. Tampouco tinham rota definida, apenas pontos pelos quais tinham que passar. E o prêmio? A satisfação de fazer parte desta catarse de ciclistas, a toda velocidade pela cidade.

Estas são as Alley cat, provas de ciclismo que “desorganizam” as maiores cidades do mundo. Sua origem não é muito certa, apesar de alguns afirmarem que elas foram inicialmente organizadas por entregadores ciclistas em Toronto, em 1989, em que a ideia era mostrar aos outros suas habilidades de se deslocar pela cidade. Pouco a pouco estes eventos foram se multiplicando em cidades dos EUA e Europa.

Cortesia de  www.thelmagazine.com
Cortesia de www.thelmagazine.com

Hoje são mais conhecidas como Alley cat e não se limitam a entregadores ciclistas, são abertas a todos que usam a bicicleta como meio de transporte urbano. Além disso, há um componente importante nestes eventos: a ilegalidade. Precisamente, a graça dos Alley cats está na relação tensa e fluida entre os ciclistas e a cidade.

Por este motivo, muitas das Alley cats não são divulgadas com muita antecedência, nem através meios de comunicação em massa, mas geralmente pelo “boca a boca”, pelas redes sociais ou páginas especializadas. Os participantes se reúnem em algum ponto movimentado da cidade, geralmente em um horário de bastante congestionamento. Alí, os ciclistas se agrupam ao redor do organizador que lhes explica os pontos que deverão ser percorridos.

Há muitas variações das Alley cats. Uma das mais comuns é a que os organizadores entregam, logo antes da prova começar, a lista com os pontos de parada; os trajetos entre os pontos fica por conta de cada ciclista. Em outra versão os ciclistas recebem a informação sobre qual será o próximo ponto à medida que vão passando pelas paradas.  

Com o passar do tempo estas provas se tornaram mais populares, a ponto de serem realizadas em diferentes cidades simultaneamente: as Global Gutz. Nestas provas existem certas regras, como o uso obrigatório de capacete e a diferenciação por categorias segundo o tipo de bicicleta.

Uma das coisas que ajudou a difundir estas provas pelo mundo foi o documentário “Line of sight”, do ciclista e cineasta Lucas Brunelle.

Por Francisca Codoceo, via Plataforma Urbana. Tradução Romullo Baratto, ArchDaily Brasil.


Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: Romullo Baratto. "“Alley cat”: provas de ciclismo em meio à cidade" 23 Ago 2013. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/136383/alley-cat-provas-de-ciclismo-em-meio-a-cidade> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.