Projeto usa bactérias para criar abrigos em desertos

Projeto usa bactérias para criar abrigos em desertos

Uma das regiões mais áridas do planeta e com problemas que afetam a vida de milhares de famílias locais, o deserto do Saara foi o local escolhido para o projeto do jovem arquiteto sueco Magnus Larsson. Dune consiste em usar a própria areia para criar abrigos para as pessoas e protegê-las das intempéries.

Cortesia de designboom.com
Cortesia de designboom.com

Ao invés de lamentar a quantidade de areia, Larsson propõe o seu reaproveitamento – através da bactéria Bacilluspasteuri, ele mostrou como solidificar a areia e criar complexos que servem de escudo contra o mau tempo, fazem sombra e podem permitir a coleta de água.

Cortesia de designboom.com
Cortesia de designboom.com

O projeto não causa dano ao homem nem ao meio ambiente, o que o levou a vencer o prêmio Holcim, de construções sustentáveis, em 2008. Apenas alguns detalhes quanto a durabilidade e outras questões técnicas ainda precisam ser aperfeiçoados – no entanto, fica a inspiração, que pode ser importante para áreas com escassez de alimentos e locais produtíveis, e também a lembrança de como é importante utilizar o solo de forma consciente.

Cortesia de designboom.com
Cortesia de designboom.com

Via hypeness


Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Romullo Baratto. "Projeto usa bactérias para criar abrigos em desertos" 23 Jul 2013. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/01-129749/projeto-usa-bacterias-para-criar-abrigos-em-desertos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.