Ampliar imagem | Tamanho original
O projeto consiste na renovação de um edifício de finais do século XIX, no centro velho de uma pequena cidade na província de Bergamo, que inicialmente tinha sido construído como uma escola primária. A intenção era tornar o edifício disponível aos cidadãos, renovando e ampliando o edifício original, que viria a se tornar a nova biblioteca municipal e, assim, um centro de cultura. O plano original em forma de "C" do edifício e o fato de que era necessário mais espaço sugeriu a inclusão de um novo bloco do lado aberto, para criar uma zona aberta interna e transformar o edifício em algo mais imponente  como um "palazzo" formado em torno de um pátio. O novo volume só é ligado através do subsolo, enquanto mantém uma estudada distância física e morfológica do edifício existente. A nova estrutura tem a forma de uma estante de tripla altura, contido na concha transparente ou caixão, protegida por filtros solares formados de livros de terracota apoiados por um sistema de perfis de aço, que filtram e suavizam a luz solar. Este "diafragma", caracterizado pela rotação livre dos livros, define simbolicamente o caráter e o significado de todo o edifício. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar