Ampliar imagem | Tamanho original
O Parque do Ibirapuera em São Paulo terá seus dias de Hyde Park. Como acontece em Londres, com os pavilhões de verão da Serpentine Gallery, a capital paulistana receberá em seu principal parque um espaço temporário e nômade projetado por Álvaro Siza e Eduardo Souto de Moura, os dois arquitetos portugueses contemplados com o Pritzker de Arquitetura. A ideia é que o pavilhão transforme-se no centro irradiador de um diálogo entre a arquitetura brasileira e a arquitetura portuguesa. Por trás do projeto está o escritório Estratégia Urbana, pioneiro laboratório de inovação de Portugal na área de arquitetura, urbanismo e design que é coordenado pelo arquiteto Nuno Sampaio.  O pavilhão terá 400 m2 e será instalado à margem do lago do parque durante um mês, provavelmente em setembro, onde receberá uma exposição sobre o panorama da arquitetura portuguesa nos últimos 20 anos. Além disso, a estrutura contará com um auditório para 160 pessoas onde serão realizadas conferências e mesas-redonda e uma mostra de filmes. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar