O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Pavilhão da Serpentine Gallery de Fujimoto recebe grandes elogios da crítica

Pavilhão da Serpentine Gallery de Fujimoto recebe grandes elogios da crítica

Pavilhão da Serpentine Gallery de Fujimoto recebe grandes elogios da crítica
Pavilhão da Serpentine Gallery  de Fujimoto recebe grandes elogios da crítica, © Daniel Portilla
© Daniel Portilla

Com a abertura de sua estrutura reticulada que lembra uma nuvem no Hyde Park na semana passada, Sou Fujimoto se tornou o arquiteto mais jovem no panteão dos arquitetos do Pavilhão Serpentine Gallery. O pavilhão é uma encomenda anual para uma estrutura temporária, sempre feita a um arquiteto conhecido que ainda não tenha construído no Reino Unido. Em anos anteriores foi atribuída a Herzog & de Meuron com Ai Weiwei (2012), Peter Zumthor (2011), Jean Nouvel (2010), SANAA (2009), indo até o pavilhão original projetado por Zaha Hadid em 2000.

Com uma história tão prolífica de arquitetos famosos ao longo dos últimos 13 anos, o projeto etéreo de Fujimoto tem uma grande promessa a cumprir. Mas apesar dessas altas expectativas, críticos de arquitetura vêm falando muito bem sobre o novo projeto. Veja uma rodada completa de opiniões a seguir.

© Daniel Portilla
© Daniel Portilla

"Uma realização magica do primeiro croqui de um arquiteto"

Edwin Heathcote, do Financial Times, faz grandes elogios ao pavilhão de Fujimoto, vendo beleza na simplicidade da estrutura:

"Se você puder imaginar a tentativa de construir uma nuvem feita de hastes, isto é o projeto. Soa completamente contraditório, mas o que o arquiteto japonês Sou Fujimoto fez foi construir uma estrutura sedutoramente complexa a partir do sistema mais simples possível – uma série de perfis de aço pintados de branco e superfícies de vidro. O pavilhão de Fujimoto é uma realização mágica de um primeiro croqui de um arquiteto, uma confusão de eclosão de traços horizontais e verticais em que os limites parecem desaparecer e figuras implícitas pairam misteriosamente em níveis diferentes.”

Heathcote não só aprova o pavilhão deste ano, mas também elogia a ideia da comissão anual do Serpentine e a liberdade que permite formas tão puras de arquitetura:

"O que é maravilhoso a respeito de um pavilhão em um parque é que os problemas práticos que surgiriam na criação de uma estrutura como essa na metrópole burguesa real do valor da terra, economia e classes de uso; desaparecem. O programa do Serpentine Pavilion fornece uma plataforma para ideias puras da arquitetura sem restrições de preocupação com a função – que é precisamente o que faz que seja este deleite. Sua transitoriedade faz dele um evento, criando uma intensidade que arquitetura permanente tem dificuldade em conseguir. Fujimoto entregou um edifício indescritivelmente leve e sedutoramente complexo, talvez o mais primoroso que este lugar já tenha visto."

© Daniel Portilla
© Daniel Portilla

"Um belo mistério de luz, espaço e geometria"

Jay Merrick do The Independent está da mesma forma impressionado pelo pavilhão, elogiando a maneira com que une ideias aparentemente incongruentes:

"Tudo sobre o pavilhão é ambíguo. Parece inacabado e finalizado, delicado e substancial, bem definido e suavemente indistinto. O arquiteto de 42 anos criou um labirinto sedutor de perspectivas que te leva a contemplar a estrutura e então, de forma muito provocante, transforma a aparente ordem estrutural estrita em enigmas visuais impossíveis."

© Daniel Portilla
© Daniel Portilla

"Mais um ano de sucesso"

Editora do Architect's Journal, Christine Murray, parece bastante impressionada com a estrutura, apesar do que pode ser visto como imperfeições:

"Escalar a estrutura, especialmente sob a intensa luz do dia, é uma tarefa difícil com todas as linhas brancas, sólidos e vazios. Seria isso como pisar em uma nuvem? Mas risco é o ingrediente essencial que faz com que brincar e escalar o pavilhão seja divertido - encontrar seu lugar nos galhos dessa 'floresta branca', como Fujimoto a descreve."

Como Heathcote, Murray elogia o modelo de programa do Serpentine Pavilion pela liberdade que dá a arquitetos e suas ideias. Entretanto, ela aponta que há algumas questões impossíveis de evitar: 

“Infelizmente, considerações sobre saúde e segurança forçaram a inclusão de guarda-corpos não muito elegantes, impostos por autoridades de planejamento. Os tubos grossos se sobressaem no contraste com a delicadeza dos 8km de aço de 20mm de diâmetro aplicados em todo o projeto. Fujimoto insiste que, embora tenham sido introduzidos posteriormente, não comprometeram a obra. Embora pareça que sim."

© Daniel Portilla
© Daniel Portilla

"Um dos pavilhões mais radicais até agora"

O crítico do Guardian Oliver Wainwright vê o pavilhão de forma diferente da metáfora da nuvem frequentemente usada, e como sempre tem uma analogia para justificar sua observação:

"Pisar no interior, rodeado pela grelha onipresente, é como entrar na estrutura de um computador, como imaginado nos anos 1980. É uma deslumbrante paisagem de linhas brancas infinitas, unidades cúbicas modulares que formam platôs de bancos e degraus, mesas de canto e café, como se Fujimoto tivesse revelado uma ordem geométrica invisível da qual o mundo todo é feito."

Mais uma vez, ele se impressiona com o pavilhão mas se preocupa sobre como será agora que se tornou parte do "mundo real":

"Onde se encontra com a realidade do seguro e acessível, sua paisagem contínua se prende a balaustres e trilhos de segurança para evitar que você bata a cabeça - assim como as camadas de discos de acrílico para proteger da chuva...a Nuvem de Fujimoto é um pouco esvaziada quando encontra o mundo real.  Mas como a essência poderosa do pensamento de um jovem arquiteto e um dos pavilhões mais radicais até hoje, estabelece uma direção promissora para o programa do Serpentine."

© Daniel Portilla
© Daniel Portilla

Não tão rápido...

Entretanto,  há entre todos os elogios uma voz que parece enfim um pouco indecisa. Ellis Woodman do BD parece achar que o projeto de Fujimoto exagerou em sua missão de invenção arquitetônica:

"Após um século de tentativas de estender sua definição para alcançar uma gama ainda mais ampla de atividades, resta a suspeita de que a única função na qual a arquitetura está intimamente enraizada seja a de promover um abrigo O Serpentine Pavilion de Sou Fujimoto apenas cumpre por um triz este papel."

De novo, Woodman aponta requisitos de saúde e segurança como o potencial ponto fraco do pavilhão:

"Degraus com balaústres foram instalados, mas o visitante mais intrépido é livre para vagar entre áreas de assentos de vidro dispostos irregularmente, orientados tanto vertical quanto horizontalmente. Temo que alguma resistência consciente seja necessária para evitar que o pavilhão seja envolto em sinalização de perigo antes do final da semana."

Sobre este autor
Rory Stott
Autor
Cita: Stott, Rory. "Pavilhão da Serpentine Gallery de Fujimoto recebe grandes elogios da crítica" [Fujimoto's Serpentine Pavilion Receives High Praise from Critics] 14 Jun 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Helm, Joanna) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/120108/pavilhao-da-serpentine-gallery-de-fujimoto-recebe-grandes-elogios-da-critica> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.