Ampliar imagem | Tamanho original
O grande complexo de edifícios do novo nó rodoviário Hausmannstaetten cobre 3 funções distintas: controlo rodoviário do túnel, centro de reparações e depósito dos serviços de manutenção. A fim de ter o menor impacto visual possível, o edifício foi interpretado como parte da envolvente, e implantado ao longo da estrada e à cota mais baixa. Funciona assim como um aterro, que se estabelece nos limites do nó e serve simultaneamente de barreira ao ruído. As coberturas relvadas, que contribuem para a impermeabilização e arrefecimento do edifício, integram-se no verde da paisagem de campos de cultivo. O posicionamento dos edifícios ao longo de um pátio comum, contribui também para a proteção sonora do local. Por um lado, o complexo tira partido consequente da topografia, como forma de minimizar ruído, consumo de energia e concentrar acessos. Por outro lado, a linguagem arquitectónica de grande clareza e simplicidade formal, suaviza o impacto dos edifícios na paisagem e estabiliza a envolvente num ponto de grande complexidade e heterogeneidade Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar