Ampliar imagem | Tamanho original
A Casa de Fátima. A proximidade da "Casa del Padre" constitui um testemunho silencioso da evolução do projeto, primeiro, e da obra depois. E a casa, por ela, se fecha para o nascente, com limites rotundos e apenas tingidos, para o horizonte, onde se busca o ar e se acaba o dia: e o rotundo deixa espaço agora para uma ambigüidade calculada, de espaços que são um, mas também vários; de espaços, até quase tocar o próximo núcleo rural, o qual se intui ao fundo, entre as árvores. E estas duas presenças, a do padre de um lado e a do núcleo do outro, são certamente a origem do projeto, como um contraponto do que quer escapar mas ao que não se quer deixar. Tão somente muda a linguagem, isso é tudo. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar