i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Philadelphia

Bjarke Ingels recebe o Louis Kahn Memorial Award 2016

07:00 - 24 Maio, 2016
Bjarke Ingels recebe o Louis Kahn Memorial Award 2016, 1200 Intrepid, Philadelphia Navy Yard. Cortesia de Bjarke Ingels Group
1200 Intrepid, Philadelphia Navy Yard. Cortesia de Bjarke Ingels Group

Bjarke Ingels foi anunciado como ganhador do Louis Kahn Memorial Award 2016, um prêmio anual que desde 1983 reconhece a "excelência na arquitetura" em homenagem a um dos arquitetos modernos mais influentes da história. Ingles foi homenageado em um cerimônia no dia 9 de maio que aconteceu no Center for Architecture and Design, onde proferiu o discurso anual que acompanha o prêmio.

Sobre Louis Kahn, Ingles comentou: "Não diria que meu trabalho está alinhado com o de Louis, mas acho que ele redescobriu o simbolismo e projetou uma arquitetura super-funcional que foi perdida e, então, recriada pelo pragmatismo."

Gentrificação: os perigos da economia urbana hipster

15:00 - 30 Novembro, 2014
Gentrificação: os perigos da economia urbana hipster, Intervenção artística "Psychylustro". Imagem © Knight Foundation [Flickr]
Intervenção artística "Psychylustro". Imagem © Knight Foundation [Flickr]

Nesse artigo, publicado originalmente em Al Jazeera como "The peril of hipster economics", a escritora e pesquisadora estadunidense Sarah Kendzior escreve que a deterioração urbana em alguns bairros das principais cidades do mundo se converteu lamentavelmente em um conjunto de peças urbanas a serem "remodeladas ou idealizadas" pela gentrificação.

Segundo a autora, estes bairros - carregados de uma estética atrativa nostálgica e de uma enriquecedora "vida urbana" - estimulam a chegada de novos residentes de alto padrão que procuram esse estilo de vida em bairros historicamente associados as populações marginais - carentes de serviços públicos e oportunidades de trabalho -, que acabam sendo removidas para subúrbios pobres.

"Querem mudar uma memória que outros já construíram. Isto é a economia hipster", afirma Sarah.

Leia o artigo a seguir.

Casa Vanna Venturi / Robert Venturi / IA+B

03:51 - 14 Dezembro, 2012
Casa Vanna Venturi / Robert Venturi / IA+B, © UPenn
© UPenn

Uma casa em duas águas, nada mais. A entrada ao centro, larga, leva a um pequeno átrio onde lateralmente está a porta de entrada. Uma porta igualmente larga, de duas folhas, com uma janela de vidro cada, por onde se pode ver o interior. O átrio é arrematado por uma verga horizontal aparente em sua completa longitude, que traspassa a abertura central. Um arco em alto relevo se sobrepõe à verga, como um segundo remate da entrada.