Clássicos da Arquitetura: Quatro escolas modernas

Relembre as quatro escolas modernas que publicamos nas últimas semanas.

Lançamento do livro "A forma na Arquitetura" de Oscar Niemeyer, em Lisboa

A livraria A+A promove nesta quarta-feira, 22 de outubro, às 19h, o lançamento da edição 70 do livro "A Forma na Arquitetura" de autoria do arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer.

O livro aborda, através de um texto curo e conciso, o problema da forma na arquitetura, a forma plástica que evolui em conjunto com os materiais e sua articulação com a noção central de beleza. Niemeyer também discorre nesse texto sobre como o arquiteto poder atuar na profissão sem se omitir, mantendo-se politicamente engajado.

A apresentação do livro será feita pelo arquiteto Manuel Aires Mateus, do escritório Aires Mateus.

Clássicos da Arquitetura: Escola Estadual Milton Campos / Oscar Niemeyer

Tibor_jablonsky-1
© Tibor Jablonsky

Quatro blocos envoltos por uma área ajardinada determinam o conjunto arquitetônico. Três destes blocos são retangulares e o quarto bloco, cuja planta tem a forma de um trapézio isósceles, distingue-se dos demais por seu traçado externo curvilíneo.

Esposa de Niemeyer conclui novo número da revista “Nosso Caminho”, editada pelo arquiteto

A saudade postergou por um tempo, mas não impediu a realização de um desejo de Oscar Niemeyer: o lançamento da 13ª edição da revista Nosso Caminho, sobre arquitetura, arte e cultura, editada por ele e por sua esposa, a jornalista Vera Lúcia.

Arte e Arquitetura: Covers/Versões, ícones da arquitetura com elementos cotidianos

Nesta oportunidade, Arte e Arquitetura nos apresenta um vídeo que representa a reconstrução de ícones da arquitetura com elementos cotidianos: Covers/Versions, realizado por Luis Urculo com a colaboração de Cris Blanco. Trata-se de uma pesquisa sobre a arquitetura como objeto de consumo ou de lembranças e sua relação com a linguagem doméstica não espacializada das coisas cotidianas.

O Museu Guggenheim de Nova York, a Casa da Cascata, a Casa Farnsworth e o Congresso Nacional Brasileiro são algumas destas dez peças irônicas monumentais da arquitetura representadas através de livros, revistas, utensílios de cozinha, pratos, entre outros.

Saiba mais sobre o trabalho, a seguir.

Exposição “Oscar Niemeyer: Clássicos e Inéditos” chega ao Rio de Janeiro

Após passar pelo Itaú Cultural de São Paulo e ser vista por quase 40 mil visitantes, a primeira mostra póstuma dedicada ao arquiteto Oscar Niemeyer (1907-2012) chega ao Rio de Janeiro, no Paço Imperial. São mais de 300 obras, distribuídas por oito salas do histórico prédio da Praça Quinze, ocupando uma área de mais de mil metros quadrados.

A exposição “Oscar Niemeyer: Clássicos e Inéditos” poderá ser visitada pelo público, com entrada gratuita, até dia 02 de novembro.

Vídeo: Centro Niemeyer em Avilés / Duosegno Visual Design

Nosso parceiros do Duosegno Visual Design  compartilharam conosco um interessante vídeo em que percorrem o espetacular espaço público projetado por Oscar Niemeyer no Centro Cultural Internacional Oscar Niemeyer - projeto que ajudou a impulsionar a regeneração urbana e econômica da antiga área industrial do estuário de Avilés. O centro se ergue magistralmente através de formas brancas escultóricas que conformam uma praça aberta, um auditório, uma cúpula, uma torre e um edifício multifuncional. 

Saiba mais sobre este projeto aqui.

Clássicos da Arquitetura: "Os" três Pavilhões do Brasil

Relembre os três Pavilhões do Brasil construídos nas Feiras Mundiais de Nova York '39, Bruxelas 58' e Osaka '70.

Clássicos da Arquitetura: Pavilhão de Nova York 1939 / Lucio Costa e Oscar Niemeyer

Por Carlos Eduardo Comas

Graça, leveza, extroversão, exuberância e porosidade respondem ao desejo de transmitir atributos convencionalmente considerados apropriados para um pavilhão de feira. A teatralidade também convém a um tipo de construção que não deve durar mais que uma estação, como uma peça.

Exposição “Oscar Niemeyer: clássicos e inéditos”, no Itaú Cultural

Um dos personagens mais influentes da arquitetura moderna mundial, Oscar Niemeyer será homenageado pelo Itaú Cultural através da exposição “Oscar Niemeyer: clássicos e inéditos” - uma seleção de projetos e materiais raros sobre obras clássicas, além de fotografias e maquetes - que abre suas portas amanhã, 04 de junho.

Com curadoria de Lauro Cavalcanti e expografia de Pedro Mendes da Rocha, além dos trabalhos em si, a mostra examina o processo de criação de Niemeyer, possibilitando uma percepção única de sua produção.

Pavilhão do Brasil na Bienal de Veneza 2014 - Brasil: Modernismo como Tradição

Sob o título Fundamentals, a Biennale Architettura 2014 tem como curador o arquiteto holandês Rem Koolhaas, que propôs um tema específico aos países participantes: Absorbing Modernity 1914-2014, procurando entender como as arquiteturas nacionais absorveram a modernidade no último século e como, eventualmente, mantiveram elementos tradicionais.

Clássicos da Arquitetura: Cinco Igrejas Brasileiras Modernas

Relembre as cinco igrejas brasileiras modernas que publicamos nas últimas semanas.

Clássicos da Arquitetura: Igrejinha Nossa Senhora de Fátima / Oscar Niemeyer

%c2%a9_marcel_gautherot._via_blog_do_instituto_moreira_salles
© Marcel Gautherot. Via Blog do Instituto Moreira Salles

Cinco vigas similares unidas num ponto e logo abertas em leque conformam o perímetro da laje de cobertura que em projeção horizontal forma um triângulo isósceles de vinte e cinco metros de base e vinte e nove metros de altura.

Exposição de croquis de Oscar Niemeyer na ETEL, São Paulo

A partir do dia 3 de abril, a ETEL será palco de uma exposição dedicada a um dos mestres da arquitetura moderna: Oscar Niemeyer. A mostra reunirá  croquis para a Mesquita da Universidade de Constantine, projeto que seria construído na Argélia em 1977.

“Depois de Paris, foi em Argel onde mais me demorei. (...) Mas foi em Constantine que deixei um dos meus melhores trabalhos: a Universidade de Constantine”, disse Oscar Niemeyer. O projeto da Mesquita em exibição faria parte do conjunto arquitetônico dessa Universidade. Os croquis foram doados à Fundação Oscar Niemeyer por Luiz Marçal, colaborador do escritório de Niemeyer na Argélia, entre os anos 1960 e 1970 – período em que o arquiteto ficou exilado na Europa.

Projeto de Lei pretende declarar Niemeyer patrono da arquitetura brasileira

Pouco mais de um ano após o falecimento de Oscar Niemeyer, o mais famoso arquiteto brasileiro continua sendo pauta de diversas discussões. A mais recente é a proposta da Câmara dos Deputados para declará-lo Patrono da Arquitetura Brasileira. A homenagem está prevista por um Projeto de Lei proposto pelo deputado Guilherme Campos.

“Com este projeto de lei homenageamos o maior arquiteto brasileiro, Oscar Niemeyer, que deixou um importante legado para a arquitetura mundial”, justificou Campos.