i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Maquetes

Campanha no Kickstarter para financiar exposição sobre uma Nova Iorque não construída

15:00 - 7 Junho, 2017
Campanha no Kickstarter para financiar exposição sobre uma Nova Iorque não construída, Buckminster Fuller Dome, 1961. Cortesia de Metropolis Books
Buckminster Fuller Dome, 1961. Cortesia de Metropolis Books

A série Never Built inclui até agora Never Built Los Angeles, um livro e uma exposição, e o livro, Never Built New York. Agora, o Queens Museum espera continuar explorando a Nova Iorque que poderia ter sido com a exposição Never Built New York, e lançou uma campanha do Kickstarter para concretizar isso. A exposição, com curadoria de Sam Lubell e Greg Goldin e projetada por Christian Wassmann, explorará 200 anos de propostas e projetos não construídos que poderiam potencialmente alterar cidade de Nova Iorque que conhecemos hoje.

Howe and Lescaze MoMA. Cortesia de Metropolis Books Rufus Henry Gilbert's Elevated Railway. Cortesia de Metropolis Books Frank Gehry, Guggenheim Museum, 2000. Cortesia de Metropolis Books SHoP, Flushing Stadium, 2013. Cortesia de Metropolis Books + 7

Micro-modelagem: Como construir mundos minúsculos com materiais comuns

15:00 - 20 Março, 2017
Micro-modelagem: Como construir mundos minúsculos com materiais comuns, © Andrew Beveridge / ASB Creative Instagram
© Andrew Beveridge / ASB Creative Instagram

Joshua Smith, um miniaturista e artista do sul da Austrália, tem como atividade construir mundos minúsculos e intrincados. Seu trabalho, que exige uma surpreendente habilidade de observação e representação, se concentra nos "aspectos negligenciados do ambiente urbano - como a sujeira, a ferrugem e o grafite", todos recriados em uma escala de 1:20. Smith, que cria kits de miniatura há cerca de uma década, só recentemente optou por afastar-se de uma carreira artística de 16 anos de estêncil. Com seus talentos criativos agora focados apenas na criação de modelos, e todas as habilidades que acompanham este ofício, o ArchDaily pergunta: como você faz isso?

© Andrew Beveridge / ASB Creative Instagram © Andrew Beveridge / ASB Creative Instagram © Andrew Beveridge / ASB Creative Instagram © Andrew Beveridge / ASB Creative Instagram + 19

Mad Men, Suits e The Office: Sete escritórios de séries famosas em modelos 3D detalhados

15:00 - 16 Fevereiro, 2017
Mad Men, Suits e The Office: Sete escritórios de séries famosas em modelos 3D detalhados

Você já viu plantas de casas e apartamentos de séries de televisão, mas esta nova coleção da Drawbotics é um pouco diferente. Com modelos 3D detalhados de escritórios de séries que incluem Parks and Recreation, Suits, Brooklyn Nine-Nine, Mad Men, The IT Crowd, Silicon Valley e The Office, a agência de publicidade oferece um novo nível de familiaridade com os cenários destas séries de TV. Veja os modelos a seguir.

9 maquetes de cimento para representar projetos de arquitetura

06:00 - 8 Fevereiro, 2017
9 maquetes de cimento para representar projetos de arquitetura, Cortesia de David Rodriguez Arquitectos + Combeau & De Iruarrizaga Arquitectos
Cortesia de David Rodriguez Arquitectos + Combeau & De Iruarrizaga Arquitectos

Se vens buscando como apresentar o seu último projeto e este caracteriza-se pelo peso de seus elementos, seu caráter monolítico ou por sua textura expressiva, é provável que um modelo de gesso ou cimento seja muito adequado para mostrar suas qualidades.

Desenvolver um modelo com este material é um exercício construtivo interessante, já que nos obriga a seguir quase os mesmos passos da construção em grande escala: fabricar um molde/forma, misturar o cimento ou gesso com água, e lodo desenformar. Além disso, a maquete resultante é, geralmente, uma peça escultórica muito atrativa.

Veja, a seguir, algumas maquetes publicadas anteriormente em nosso site, que podem servir de inspiração para começar a construção da sua.

Cortesia de ETB Studio Cortesia de Pezo von Ellrichshausen Cortesia de ELEMENTAL <a href='http://wherearchitecturehappens.blogspot.cl/2011_11_01_archive.html'>Cortesía de Enrique Morales Puente</a> + 11

16 dicas para melhorar suas habilidades com maquetes

16:00 - 5 Dezembro, 2016
© Tim Viktorsson
© Tim Viktorsson

A modelagem 3D virtual está cada vez mais popular, no entanto, as maquetes feitas à mão estão longe de ser extintas. Talvez uma razão para isso é que, apesar do "3D" das "maquete 3D", exibir esses modelos em uma tela ou em uma impressão ainda oferece, efetivamente, uma experiência bidimensional. Naturalmente, um modelo físico você pode segurar em sua mão, examinar e compreender espacialmente de uma maneira que um modelo CAD não proporciona. Maquetes de estudos também podem ser usadas como um esboço 3D rápido e intuitivo para gerar algumas idéias. Seja para um cliente ou um professor, as maquetes são quase sempre necessárias, a fim de produzir uma compreensão completa da relação entre os espaços em seu projeto. Para aproveitar ao máximo essa ferramenta, veja algumas dicas a seguir:

© Fruzsi Boutros © Jakob Breidablik, Panuela Aasted, Ane Norderhus, Christian Graugaard © Tim Viktorsson, Aja Borby Ørtenblad, Andreas Zacho, Klaus Wahid Knudsen © Tim Viktorsson + 19

12 Casas de bonecas que traduzem 300 anos do lar britânico

14:00 - 20 Novembro, 2016
12 Casas de bonecas que traduzem 300 anos do lar britânico, © Victoria and Albert Museum, Londres
© Victoria and Albert Museum, Londres

Como parte de uma nova exposição no National Building Museum em Washington D.C., doze casas de bonecas que traçam a história da domesticidade britânica foram emprestadas pelo Museu da Infância Victoria & Albert de Londres. A exibição - Pequenas Histórias: Em Casa em uma Casa de Boneca - abrange 300 anos e apresenta uma visão próxima e pessoal em miniatura da evolução da arquitetura e do design - a partir de mansões luxuosas a um arranha-céu urbano.

Casa Whiteladies (Moray Thomas, Inglaterra, 1935). Imagem © Victoria and Albert Museum, Londres Casa Whiteladies (Moray Thomas, Inglaterra, 1935). Imagem © Victoria and Albert Museum, Londres Casa de Jenny (Tri-ang, Irlanda do Norte, 1960s). Imagem © Victoria and Albert Museum, Londres Casa de Betty Pinney, preparada nos anos 1910 (Inglaterra, 1870). Imagem © Victoria and Albert Museum, Londres + 63

Urban Agency cria maquete de concreto de 150kg para a Bienal de Veneza 2016

08:00 - 10 Agosto, 2016

Como parte da contribuição dinamarquesa para a Bienal de Veneza 2016, a URBAN AGENCY assumiu um desafio: construir uma maquete de concreto em escala 1:50. O escritório --  com sedes em Dublin, Copenhague e Lyon -- contribuiu com três projetos para a exposição "Human Architectures" do Pavilhão da Dinamarca deste ano. 

O vídeo mostra o meticuloso processo de modelagem, posicionamento e montagem do modelo de 150kg. A equipe escreveu ao ArchDaily Brasil:

Paisagem como Arquitetura / João Gomes da Silva e Paulo David

09:00 - 19 Julho, 2016
Paisagem como Arquitetura  / João Gomes da Silva e Paulo David, © Fernando Guerra | FG+SG
© Fernando Guerra | FG+SG

© Fernando Guerra | FG+SG © Fernando Guerra | FG+SG © Diogo Nunes © Stefano Serventi + 37

Zupagrafika homenageia o brutalismo parisiense com modelos de papel

15:00 - 31 Maio, 2016
© Zupagrafika
© Zupagrafika

Dando sequência ao "Brutal London", o Zupagrafika lançou recentemente outra série de modelos de papel, "Paris Brut", que recria a arquitetura brutalista de Paris do final dos anos 1950 até a década de 70. A série traz edifícios dos arrondissements e banlieues  da cidade, estes últimos se recebendo as diversas  Habitations à Loyer Modéré, um tipo de habitação com aluguel controlado comum na França. 

Paris Brut é composta por seis modelos ilustrados: Orgues de Flandre, Les Choux de Créteil, Cité Curial-Michelet, Cité des 4000, Centre National de la Danse e Plan Voisin. A série toda é em com papel cartão reciclado e impresso e inclui anotações técnicas sobre cada edifício, incluindo o arquiteto, ano de construção e localização exata. 

Moleskine recria Game of Thrones com maquetes de papel

19:45 - 24 Abril, 2016

Para promover o lançamento de sua nova coleção de cadernos de desenho Game of Thrones, Moleskine publicou um vídeo que recria uma parte da sequência da abertura da série utilizando unicamente maquetes de papel. Produzido pelo estúdio de animação Dadomani, o vídeo stop motion utiliza mais de 7.600 recortes de papel.

O vídeo mostra a fortaleza de King’s Landing, mostrando visuais das casas e do entorno. Lentamente o castelo converte-se numa página do caderno Moleskine.

Finite Format: Pezo von Ellrichshausen explora a diversidade da repetição na arquitetura

07:00 - 16 Novembro, 2015
Finite Format: Pezo von Ellrichshausen explora a diversidade da repetição na arquitetura, Maquete para 'Infinite Motive'. Cortesia de Pezo von Ellrichshausen
Maquete para 'Infinite Motive'. Cortesia de Pezo von Ellrichshausen

"Finite Format" é o nome da exposição do escritório chileno Pezo von Ellrichshausen em uma das instituições culturais mais importantes da República Checa: a Casa da Arte de České Budějovice, localizado na cidade homônima. Composta por mais de 480 pinturas (Finite Format) e uma série de seus desenhos em tinta (Infinite Motive), a exposição confirma o método dos arquitetos "para entender não apenas as qualidades artísticas em um trabalho de arquitetura, mas também os atributos arquitetônicos de um trabalho de arte", comentou a instituição.

Paralelamente, Pezo y von Ellrichshausen trabalharam com um ateliê de 14 estudantes de arquitetura da Universidade de Liberec na concepção e construção de uma maquete de 12 metros quadrados para "Infinite Motive". Tendo no círculo seu elemento básico, os autores refletem sobre como as intenções arquitetônicas podem "ser diluídas por meio da repetição de uma única figura de várias dimensões."

Vídeo: Frei Otto, experimentando com bolhas de sabão

10:00 - 13 Março, 2015

"O computador pode apenas calcular o que já está conceitualmente dentro dele; nos computadores encontras apenas o que buscas. No entanto, com a experimentação livre, pode-se encontrar o que não foi buscado".

Para Frei Otto, a experimentação com modelos e maquetes foi parte fundamental de seu trabalho como arquiteto. Em 1961, começou a desenvolver uma série de ensaios com bolhas de sabão, os quais consistiam numa película de sabão suspensa na qual caía um fio. Após o rompimento da película formado em seu interior, surgia um círculo perfeito a partir do qual se experimentava com as superfícies geradas.

Esta foi sua maneira de trazer à realidade formas que pareciam impossíveis na época: "agora é possível calcular, algo que por mais de quarenta anos foi impossível. Eu não esperei que fosse possível serem calculadas para construí-las". 

Exposição "The Cloudy Thoughts" no MuBE

20:31 - 9 Março, 2014

MuBE  abre 2013 com a obra The Cloudy Thoughts, do artista polonês Adam Kalinowski. A obra apresenta um projeto construído em madeira em forma de casa, montado em camadas que serão cobertas por plantas. A escultura fica na área externa do Museu Brasileiro da Escultura de 15 de janeiro a 30 de março.

Podem as cidades virtuais melhorar nossas cidades reais?

13:00 - 30 Outubro, 2013
Podem as cidades virtuais melhorar nossas cidades reais?, Maquete da cidade de Seattle. Imagem cortesia de Autodesk
Maquete da cidade de Seattle. Imagem cortesia de Autodesk

Este artigo, por Klaus Philipsen, mebro do Instituto Americano de Arquitetura, foi originalmente publicado em seu blog Community Architect

À medida que o BIM (Building Information Modeling) lentamente encontra sua aceitação na arquitetura e nas engenharias de edifícios individuais, talvez é hora de considerar a próxima escala: a cidade. Assim como maquetes virtuais nos auxiliam a projetar e entender edifícios e suas demais informações incorporadas, simulações de cidades virtuais poderiam ter uma aplicação no planejamento urbano real, nos permitindo ir além do plano X e Y do GIS para modelamento de informações em três dimensões que incluem o terreno, infraestrutura, edifícios e espaços públicos. Poderiam as cidades virtuais ser a resposta para as "cidades inteligentes"? Descubra na continuação.

15.500.000 peças de LEGO® sao usadas para recriar dezoito edifícios ícones da arquitetura

13:00 - 19 Abril, 2012
15.500.000 peças de LEGO® sao usadas para recriar dezoito edifícios ícones da arquitetura, © Adam Reed Tucker
© Adam Reed Tucker