i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Restaurante
  4. Clássicos da Arquitetura: Parador Ariston / Marcel Breuer

Clássicos da Arquitetura: Parador Ariston / Marcel Breuer

Clássicos da Arquitetura: Parador Ariston / Marcel Breuer
Clássicos da Arquitetura: Parador Ariston / Marcel Breuer, © Cortesía de Recuperemos el Ariston
© Cortesía de Recuperemos el Ariston

Localizado no bairro La Serena, em Mar del Plata, Argentina, o conhecido edifício do Restaurante Ariston, atualmente abandonado e deteriorado, foi projetado pelo arquiteto húngaro Marcel Breuer (grande difusor do Movimento Moderno) e construído em 1948. Este projeto, originalmente destinado a receber reuniões sociais, bailes e coquetéis, destaca-se por seu volume elevado e com uma forma curva inspirada no trevo que permite o máximo de envidraçamento.

© Cortesía de Recuperemos el Ariston
© Cortesía de Recuperemos el Ariston

O Parador Ariston é um dos ícones da arquitetura moderna na Argentina, junto com, entre outros, a Casa da Ponte, de Amancio Williams e a Casa Curutchet de Le Corbusier.

© Cortesía de TECCNE
© Cortesía de TECCNE

Este restaurante em forma de trevo, que contou com a colaboração dos arquitetos Carlos Coire e Eduardo Catalano, apresenta-se como um volume curvo definido uma geratriz que se move apoiando-se em dois panos paralelos ao solo, os quais formam uma cruz de vértices curvas. Isso permite implantar livremente este objeto na esplanada onde ele está localizado.

Planta General
Planta General

O volume em concreto armado é sustentado por quatro pilares que expressam fielmente o ideal do modernismo, onde a forma segue a função. Esta construção foi finalizada em apenas 60 dias, e com uma estrutura com lajes de armadura dupla, e para diminuir cargas foram utilizadas telhas de lava vulcânica, material pouco conhecido na época e na região.

Imagen
Imagen

Graças a sua forma e suas grandes esquadrias, desde o seu interior consegue-se um contato visual integral e permanente com a paisagem do entorno, caracterizada pelas suas dunas e o oceano.

© Cortesía de Recuperemos el Ariston
© Cortesía de Recuperemos el Ariston

Marcel Breuer foi contratado pela Faculdade de Arquitetura da UBA, e foi contactado para realizar esse projeto, como uma maneira de prestigiar a zona sul de Mar del Plata. Este renomado arquiteto húngaro estudou na Bauhaus de Weimar, dirigida por Walter Gropius, e posteriormente foi responsável pela direção do ateliê de móveis da escola, período em que desenhou a Cadeira Wassily, emblema do mobiliário moderno. Abandonou o ateliê em 1928 para dedicar-se à arquitetura, radicando-se em Berlim e logo exilado nos Estados Unidos.

© Usuario de Flickr: ladyandrux
© Usuario de Flickr: ladyandrux

Atualmente estudantes de arquitetura levam adiante ações em prol da recuperação através da página do Facebook “Recuperemos el Ariston".

Cita: Duque, Karina. "Clássicos da Arquitetura: Parador Ariston / Marcel Breuer" [Clásicos de Arquitectura: Parador Ariston / Marcel Breuer] 12 Out 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <http://www.archdaily.com.br/br/797016/classicos-da-arquitetura-parador-ariston-marcel-breuer>
Ler comentários