i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Pavilhão
  4. Itália
  5. Studio Libeskind
  6. 2015
  7. Expo Milão 2015: Pavilhão de Vanke / Daniel Libeskind

Expo Milão 2015: Pavilhão de Vanke / Daniel Libeskind

  • 11:00 - 11 Maio, 2015
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Expo Milão 2015: Pavilhão de Vanke / Daniel Libeskind
Expo Milão 2015: Pavilhão de Vanke / Daniel Libeskind, © Hufton+Crow
© Hufton+Crow

© Hufton+Crow © Hufton+Crow © Hufton+Crow © Hufton+Crow + 31

  • Arquitetos

  • Localização

    Ingresso EXpo, Via Giorgio Stephenson, 107, 20157 Milão, Itália
  • Arquiteto Responsável

    Yama Karim
  • Área

    1210.0 m²
  • Ano do projeto

    2015
  • Fotografias

  • Diretor Técnico/Arquiteto

    Agostino Ghirardelli
  • Design de Exposição e Conteúdo de Mídia

    Ralph Appelbaum Associates
  • Design de Exposição - Principal

    Ralph Appelbaum
  • Design de Exposição - Design e Diretor de Projeto

    James Cathcart
  • Design de Exposição - Diretor de Mídia

    Alex Vlack
  • Design de Exposição - Design 3D e Gerente de Projeto

    Anthony Dong
  • Design de Exposição - Diretor Gráfico

    Josh Hartley
  • Design de Exposição - Chefe de Produção

    Lilly Preston
  • Construtora

    Bodino Engineering Srl (Italy) – Pavilion / Nussli (Switzerland) – Exhibition
  • Consultor de Gerenciamento de Projetos

    J&A Consultants Srl
  • Diretor de Obras

    Ginevra Macchi
  • Sustentabilidade

    Deerns Italia Spa
  • Engenheiro Estrutural

    Ramboll UK Ltd + S.P.S. Srl
  • Instalação Estrutural

    OCML Spa
  • Trabalho Civil

    Paterlini Costruzioni Spa
  • Engenheira Elétrica e Instalações

    Deerns Italia Spa, Diesse Electra Spa
  • Engenharia Mecânica e Instalações

    Deerns Italia Spa, Gianni Benvenuto Spa
  • Engenharia da Fachada e Instalações

    Bodino Engineering Srl / Nerobutto Snc (backstructure) / Casalgrande Padana (metalized porcelain tiles)
  • Iluminação

    iGuzzini
  • Área VIP Candelabro

    Lasvit
  • Área VIP Mobiliário

    Poliform – Domus Tiandi
  • Área VIP Monitores

    Fiam
  • Portas

    Tre P & Tre Più
  • Mais informações Menos informações
© Hufton+Crow
© Hufton+Crow

Do arquiteto. Projetado pelo arquiteto de renome mundial Daniel Libeskind (Nova Iorque / Milão / Zurique), o pavilhão corporativo para a Vanke China explorará questões fundamentais relacionadas com o tema da Expo, "Alimentar o Planeta, Energia para a Vida". O interior de exibição é liderado por Ralph Appelbaum Associates (Nova Iorque / Londres / Pequim / Berlim / Moscou) com projeto gráfico feito por Han Jiaying (Pequim).

© Hufton+Crow
© Hufton+Crow

O conceito para o Pavilhão Vanke incorpora três ideias provenientes da cultura chinesa relacionada à alimentação: a shi-tang, uma sala de jantar tradicional chinesa; a paisagem, o elemento essencial para a vida; e o dragão, que está metaforicamente relacionado à agricultura e ao sustento. Todos esses três conceitos são incorporados na exposição, na arquitetura e no programa do Pavilhão Vanke.

Corte
Corte

“Como o rápido crescimento das cidades obriga as populações a viverem muito próximas umas das outras e o risco de desintegração social se eleva, nós utilizaremos este pavilhão para metafórica e fisicamente enfrentar as questões da vida contemporânea relacionadas com o tema da Expo", disse Wang Shi, presidente da Vanke China . "A tradição do alimento na cultura chinesa tem muitas associações fortes, a partir do conceito de shi-tang (sala de jantar) para a forma de dragão, que é miticamente derivada da história da agricultura na China. Através destes conceitos pretende-se representar as metas de Vanke em uma escala global: a possibilidade de criar comunidades vibrantes e saudáveis em um ambiente sustentável e inovador", acrescentou o presidente Wang.

© Hufton+Crow
© Hufton+Crow

Situado na extremidade sudeste do Lago Arena, o pavilhão de 800 m² parece surgir a partir do leste, formando uma paisagem dinâmica e vertical. O projeto apresenta um padrão geométrico sinuoso que flui entre o interior e exterior. A grande escadaria, feita em concreto cinza é esculpida na forma avermelhada e orienta os visitantes até o nível superior. A plataforma de observação no pavimento superior com um jardim irá proporcionar uma vista deslumbrante sobre o lago e sobre o pavilhão italiano.

O conceito por trás do projeto era incorporar muitos aspectos da vida chinesa. O pavilhão é uma estrutura dinâmica que representa o crescimento e a resistência do povo chinês. É uma fusão completa de espaço interno e externo, o que permite um encontro inesperado entre o pavilhão e o espaço público que o envolve.

Planta baixa - mezanino
Planta baixa - mezanino

O pavilhão é revestido por mais de 4.000 telhas vermelhas metalizadas que Libeskind projetou com a empresa italiana Casalgrande Padana. Os painéis de cerâmica geométrica não apenas criam um padrão expressivo que remete a uma pele de dragão, como também possuem propriedades altamente sustentáveis de auto-limpeza e purificação do ar. A superfície tridimensional é revestida com uma coloração metálica que muda conforme o ponto de vista e incidência de luz. Ela, às vezes parecerá carmesim, em seguida ouro, e até mesmo, em certos ângulos, um branco brilhante. Os azulejos são instalados com um sistema de apoio que confere um padrão rítmico e uma forma matemática para um elemento retorcido. Duas escadas em espiral ecoam a forma e elevam-se até o sul e norte a partir da entrada do Rio Arena, servindo tanto como circulação quanto como estar.

© Hufton+Crow
© Hufton+Crow

Dentro do pavilhão, os visitantes encontram um espaço de exposição preenchido com uma constelação de 200 telas montadas em uma matriz de andaimes de bambu. A floresta de telas e bambu flutua acima de um espelho d'água sinuoso que faz fronteira com o caminho do visitante. Como os visitantes movem-se através do espaço, uma experiência narrativa de dez minutos é apresentada através das telas e de 22 canais de áudio. A cada passo e cada volta, o espaço e a história aparecem novamente: eles são ricos e em camadas; ao mesmo tempo fragmentados e, simultaneamente vistos como um todo.

Planta baixa - térreo
Planta baixa - térreo

A narrativa oscila entre caos e calma. O frenesi da vida na cidade é duramente sobreposto com o movimento extremamente lento de uma refeição comunal, primeiramente em sua elaboração e, em seguida, no seu consumo. A mensagem-sobre o poder e a possibilidade de forjar conexões e construir uma comunidade através de alimentos - deve ser entendido mais visceral do que intelectualmente.

© Hufton+Crow
© Hufton+Crow

"A exposição do Pavilhião Vanke foi o resultado de muitas forças simbióticas: entre arquitetura e expografia, produção de mídia, artistas e patrocinadores. O resultado é uma criação rara: uma experiência de grande escala e extraordinariamente complexa na qual se sente como se tivesse sido desenhada por apenas uma mão", disse Alex Vlack, diretor de mídia.

© Hufton+Crow
© Hufton+Crow

O nível superior do pavilhão fornece um espaço particular para acomodar pequenos eventos e áreas VIPs. A sala íntima dispõe de uma planta livre, uma grande claraboia que recebe luz natural, os azulejos Casalgrande Padana, revestimentos de parede de bambu e um lustre de vidro projetado por Libeskind em conjunto com a empresa de vidro artesanal Checa Lasvit.

Detalhe Corte
Detalhe Corte
© Hufton+Crow
© Hufton+Crow
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Expo Milão 2015: Pavilhão de Vanke / Daniel Libeskind" [Vanke Pavilion - Milan Expo 2015 / Daniel Libeskind] 11 Mai 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <http://www.archdaily.com.br/br/766633/vanke-pavilion-expo-milao-2015-daniel-libeskind>