i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Igreja
  4. Espanha
  5. Equipo Olivares Arquitectos
  6. 2006
  7. Salão Paroquial María Inmaculada / Equipo Olivares Arquitectos

Salão Paroquial María Inmaculada / Equipo Olivares Arquitectos

Salão Paroquial María Inmaculada / Equipo Olivares Arquitectos
Salão Paroquial María Inmaculada / Equipo Olivares Arquitectos, © José Oller
© José Oller

© José Oller © José Oller © José Oller © José Oller +15

  • Arquitetos

  • Localização

    Urbanización Los Alisios II, Santa Cruz de Tenerife, Espanha
  • Equipe de Projeto

    Javier Pérez-Alcalde Schwartz, Fernando Aguarta García
  • Aparelhador

    José Floreal Martínez
  • Ano Projeto

    2006
  • Fotografias

Do arquiteto. O lote se transformará na futura igreja e uma praça de acolhimento. O encargo atual constava de construir o Salão Paroquial como pedestal do futuro templo. Dessa maneira, construiu-se o edifício levando em conta vários aspectos que definem a proposta: 

© José Oller
© José Oller

A própria natureza de uma edificação destinada ao culto, levantou a necessidade de obter espaços para contemplação e meditação. Para isso, o Salão Paroquial se volta para os jardins internos, isolado do exterior por  paredes de concreto ciclópicos e concreto armado. Os fechamentos, como persianas e perfurações, entende-se como telas de luz, terminando de proporcionar o ambiente desejado no interior do espaço.

© José Oller
© José Oller

Entendemos o Salão Paroquial como uma casca que envolve um grande espaço em seu interior. E assim, o exterior é duro e resistente, enquanto o interior é claro (a presença da luz do dia), aromático (o jardim de laranjeiras aconchegante), misterioso (a escada atrás das paredes brancas) ou pragmático (usos claramente dispostos).

© José Oller
© José Oller

Entendemos o Salão Paroquial como um passeio ritual onde a surpresa pode surgir em cada curva. Para tanto, acessa-se por um pátio ajardinado, e depois dele, entrando em uma galeria em claro-escuro. Ou vai-se direto para o fundo plano iluminado de cima. Atrás, um outro pátio que será invadido por trepadeiras ao longo do tempo, fornece um fundo de vegetação para o quarto.

© José Oller
© José Oller

Entendemos o Salão Paroquial como uma superfície flexível com capacidade de adaptação aos diferentes usos. É o grande espaço protagonista definitivo.  Um bloco fixo na entrada (revestido em madeira) contém o escritório do pastor, banheiros e serviços. O resto, distribuído mediante divisórias leves, poderá ser alterado a vontade. Entendemos o Salão a partir de materiais que respirassem, que sentissem o passar do tempo. O concreto aparente é colorido de inverno, as laranjas trazem as cores, as esquadrias farão os vidros para a rua e a madeira contribuirá com seu calor.

© José Oller
© José Oller


Courtesy of Equipo Olivares Arquitectos
Courtesy of Equipo Olivares Arquitectos
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato. Cita: "Salão Paroquial María Inmaculada / Equipo Olivares Arquitectos" [Salón Parroquial María Inmaculada / Equipo Olivares Arquitectos] 10 Jan 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Alves, Jorge) Acessado . <http://www.archdaily.com.br/91169/salao-paroquial-maria-inmaculada-slash-equipo-olivares-arquitectos>
Ler comentários