2 mil esculturas dão forma à uma cidade de gelo na China

No começo do mês foi inaugurada oficialmente ao festival Internacional de Gelo de Harbin, um dos quatro festivais de gelo e neve mais importante do mundo, celebrado desde 1963.

Este festival, que se inicia em meados de dezembro e termina no final de fevereiro, transforma completamente o Parque Zhaolin da cidade chinesa de Harbin em um dos principais destinos turísticos de inverno. Com 2.000 esculturas de gelo que replicam ícones mundiais da arquitetura, como o Coliseu de Roma e o Empire States de NY, entre outros, dão forma a uma verdadeira cidade de gelo.

Mais imagens a seguir.

1388858191_festival_harbin_2
Imagem via Plataforma Urbana

Duas semanas foram a média para que os 10.000 escultores talhassem os blocos de gelo do rio Songhua para convertê-los em grandes edifícios e iluminá-los com luzes LED, o que resultou em 80.000 metros quadrados de gelo e 150.000 metros quadrados de neve.

1388858936_festival_harbin_6
Imagem via Plataforma Urbana

A maior escultura foi esta réplica da igreja luterana Hallgrímskirkja, localizada originalmente na capital da Islândia. Também foram erguidos outros clássicos igualmente importantes, como a Catedral russa de São Basílio, a Grande Muralha da China e a Torre Eiffel parisiense, que é permitido explorá-las.

1388858939_festival_harbin_7
Imagem via Plataforma Urbana

Mas não apenas foram esculpidos edifícios de gelo, mas também foram construídos um pequeno parque temático de 500.000 metros quadrados com esculturas de animais, labirintos de gelo, tobogãs e pistas de esqui e snowboard.

1388858849_festival_harbin_14
Imagem via Plataforma Urbana

Artigo original via Plataforma Urbana
Tradução: Gabriel Pedrotti. Equipe ArchDaily Brasil.

Cita:Constanza Martínez Gaete. "2 mil esculturas dão forma à uma cidade de gelo na China" 16 Feb 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <http://www.archdaily.com.br/177297/2-mil-esculturas-dao-forma-a-uma-cidade-de-gelo-na-china>
comments powered by Disqus