i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Casas
  4. Portugal
  5. Mário Martins Atelier
  6. 2012
  7. Casa Yard / Mario Martins Atelier

Casa Yard / Mario Martins Atelier

  • 14:00 - 13 Fevereiro, 2014
Casa Yard / Mario Martins Atelier
 Casa Yard / Mario Martins Atelier, © Paulo Baptista
© Paulo Baptista

© Paulo Baptista © Paulo Baptista © Paulo Baptista © Paulo Baptista +16

  • Arquitetos

  • Localização

    Lagos, Portugal
  • Projeto arquitetônico

    Mario Martins
  • Equipe de projeto

    Miguel dos Santos; Sónia Fialho; Sónia Santos; Rui Duarte; Fernanda Pereira; Sara Glória; Rita Rocha
  • Projeto técnico

    Nuno Grave, Engenharia, Lda
  • Ano do projeto

    2012
  • Fotografias

Do arquiteto. A casa foi desenhada para criar a habitação permanente de quem deseja viver no núcleo primitivo de Lagos, no Algarve. É uma intenção que deve ser estimada por contribuir para a requalificação e dinamização de uma área urbana sensível, que precisa ser revivida.

Resolveu-se também  a ocupação do espaço de uma ruína , entre duas habitações, inserida numa frente de rua.

© Paulo Baptista
© Paulo Baptista

A construção pré-existente, sem aparente relevo arquitectónico e desvirtuada da sua forma original, apresentava-se pois em completo estado de ruína, sem cobertura e sem quaisquer condições de recuperação, sendo a reconstrução de raiz a forma de intervenção mais adequada e viável.

© Paulo Baptista
© Paulo Baptista

A nova habitação foi desenhada sobre a mesma área de implantação (com cerca de 100 m2), ocupando um espaço estreito (cerca de 6,50 m de frente), mas profundo, que se abre para um íntimo pátio confinante com a muralha da cidade, uma zona  complementar, de vivência no exterior, que veio enriquecer a solução arquitetônica.

O piso térreo, onde se localiza a entrada, é um espaço único e fluido. A piscina, encostada no edifício, convida ao lazer e evidencia a intimidade do pátio, um inesperado espaço ajardinado no centro da cidade,onde a luz intensa das terras do Sul é filtrada pela vegetação, pela sombra da muralha e pelo coberto do terraço.

© Paulo Baptista
© Paulo Baptista

O pavimento superior, com acesso por escada solta, localizada na sala é ocupado por dois quartos com instalações sanitárias privativas e escritório.

A habitação tem uma única fachada, com dois pisos alinhados que acompanham a frente de rua.

© Paulo Baptista
© Paulo Baptista

A volumetria, a verticalidade e métrica dos vãos, os alinhamentos, o escuro da pedra  em contraste com o branco do reboco são os elos de ligação com a densa envolvente urbana. A contemporaneidade, é revelada pela sobriedade e rigor do “desenho”.

© Paulo Baptista
© Paulo Baptista

Deste compromisso entre o passado e o presente resulta uma casa, que é apenas mais uma, que se dilui no intrincado urbano do núcleo histórico, mas em que é notório o espaço temporal da intervenção.

Planta do térreo
Planta do térreo

A casa não é mais que uma pequena peça desse organismo vivo que é a cidade.

Cita: " Casa Yard / Mario Martins Atelier" 13 Fev 2014. ArchDaily Brasil. Acessado . <http://www.archdaily.com.br/176318/casa-yard-slash-mario-martins-atelier>
Ler comentários