i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Centro Comunitário
  4. Ruanda
  5. Sharon Davis Design
  6. 2013
  7. Centro de Oportunidade para Mulheres / Sharon Davis Design

Centro de Oportunidade para Mulheres / Sharon Davis Design

  • 15:00 - 8 Dezembro, 2013
  • Traduzido por Isabela Costa
Centro de Oportunidade para Mulheres / Sharon Davis Design
Centro de Oportunidade para Mulheres / Sharon Davis Design, © Elizabeth Felicella
© Elizabeth Felicella

© Elizabeth Felicella © Elizabeth Felicella © Elizabeth Felicella © Elizabeth Felicella + 44

  • Engenheiro Estrutural

    Osd Engineering
  • Engenheiro de Gestão de Águas

    Edesigndynamics
  • Filtração de Água

    Manna Energy Ltd.
  • Casas de Banho

    Rec Rec Association
  • Engenheiro Bio-Gas

    Cret Sarl
  • Cisternas de chuva

    Water for Life
  • Fogões

    Manna Energy Ltd.
  • Energia Solar

    Great Lakes Energy
  • Empreiteiro Geral

    Three Code Construction
  • Sinalização

    2x4
  • Arquitetura da Paisagem

    XS Space and Susan Maurer
  • Mais informações Menos informações
Centro de Oportunidade para Mulheres / Sharon Davis Design, © Elizabeth Felicella
© Elizabeth Felicella

Do arquiteto. Em um terreno de dois hectares em Ruanda, o país mais populoso da África, o Centro de Oportunidade para Mulheres está capacitando uma pequena comunidade e, em troca, reescrevendo o nosso papel como projetistas. A uma hora da capital ruandesa de Kigali, Kayonza é como grande parte desta nação devastada por conflitos: um lugar com poucos meios, mas muito promissora. Neste ambiente semi-rural, as mulheres se dedicam a pequenas propriedades de subsistência, buscando água fresca, e provendo lenha como combustível. O terreno do novo Centro de Oportunidade para Mulheres, localizado em uma encruzilhada acima de um vale fértil, é uma arena ideal para a arquitetura que se abre um novo mundo de oportunidades.

© Elizabeth Felicella
© Elizabeth Felicella

Nós escolhemos a ideia de uma aldeia vernacular de Ruanda como princípio de organização: uma série de pavilhões em escala humana aglomerados para criar segurança e comunidade para mais de 300 mulheres. Concebidos em colaboração com Women for Women International - uma organização humanitária que ajuda mulheres sobreviventes de guerra a reconstruírem suas vidas - esta pequena aldeia transforma a aglomeração urbana e a agricultura de subsistência com uma agenda de arquitetura para criar oportunidades econômicas, reconstruir infra-estrutura social, e restaurar o patrimônio Africano.

© Elizabeth Felicella
© Elizabeth Felicella

Nosso projeto reativa uma tradição de projeto ruandês perdida com camadas espaciais e sociais profundas. Suas formas circulares irradiam para fora, a partir de salas de aula mais íntimas no centro do local até um espaço comunitário, mercado da fazenda, e o domínio cívico adiante. Estruturas circulares do centro são desenhadas segundo o Palácio do histórico de King, no sul da Ruanda, cujas moradias de woven-reed faziam parte de uma tradição indígena que a região tinha, mas foi perdida. Nosso projeto baseia-se na delicadeza deste método de construção vernacular de Ruanda com, paredes de tijolos perfurados arredondados que permitem a refrigeração passiva e proteção solar, mantendo uma sensação de privacidade.

© Elizabeth Felicella
© Elizabeth Felicella

O projeto baseia-se no suporte para infra-estrutura social de Ruanda através de instalações de hóspedes que permitem que os doadores e organizações parceiras possam experimentar o Centro de Oportunidade em primeira mão. Estes alojamentos servem como um canal para iniciativas que constroem relacionamentos exclusivos entre as mulheres de Kayonza e patrocinadores em todo o mundo, expandindo o âmbito social do centro através de uma rede global sustentável. Os tijolos foram feitos no local por futuros usuários do centro, na elaboração dos 450 mil tijolos necessários para a construção - usando materiais encontrados no local e um método mais novo e mais durável, manual, adaptado a partir de técnicas de construção locais - as mulheres estão aprendendo competências comercializáveis de geração de renda.

© Elizabeth Felicella
© Elizabeth Felicella

O projeto também inclui uma fazenda demonstrativa que ajuda as mulheres a produzir e comercializar os seus próprios bens. Esta Iniciativa Comercial Integrada a Agricultura ensina mulheres a produzir a renda a partir da terra através de técnicas orgânicas voltadas para a produção comercial. Nos currais e salas de aula compactas, de fácil manutenção - refrigerados por telhados verdes e muros de contenção de terra  - as mulheres aprendem a criar porcos, vacas, cabras e coelhos, além de métodos de armazenamento e de processamento de alimentos que podem ser utilizados ​​para comandar suas próprias cooperativas de alimentos de forma rentável. Situado em redor de uma praça convidativa, facilmente alcançado por motoristas e transporte público, um mercado demonstra o potencial econômico do centro. Aqui, as mulheres vendem alimentos, tecidos, cestas e outros produtos produzidos no local, bem como água potável recolhida a partir dos telhados do centro. Espaços de venda podem ser alugados para gerar renda adicional, construindo uma rede comunitária auto-suficiente em Kayonza.

© Elizabeth Felicella
© Elizabeth Felicella

Fizemos uma parceria com as empresas locais para instalar redes de purificação de água, biogás, e outros sistemas sustentáveis ​​que podem ser produzidos e mantidos pelos próprios habitantes. Por exemplo, no lugar de latrinas normalmente encontradas em Ruanda - que poluem lençóis freáticos e são vetores de doenças - nós projetamos banheiros de compostagem simples e higiênicos que reduzem o uso de água enquanto capturam  resíduos sólidos ricos em nitrogênio e efluentes líquidos. Nosso sistema de fácil gestão produz naturalmente fertilizantes que podem nutrir a fazenda ou serem vendidos como parte das estratégias de geração de receita do local.

Corte
Corte

O Centro de Oportunidade para a Mulher capacita 300 mulheres por ano a transcender um legado de conflito. Como projetistas, isto nos capacitou para criar uma ética global de colaboração - que está remodelando rapidamente a nossa prática. Na vida e nas histórias dessas mulheres, descobrimos os motivos inspirados localmente para uma arquitetura globalmente ressonante de otimismo.

Plano Diretor
Plano Diretor
Cita: "Centro de Oportunidade para Mulheres / Sharon Davis Design" [Women’s Opportunity Center / Sharon Davis Design] 08 Dez 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Costa, Isabela) Acessado . <http://www.archdaily.com.br/158650/centro-de-oportunidade-para-mulheres-slash-sharon-davis-design>